Powered by Rock Convert

Contratar equipes terceirizadas para prestar serviços tem se tornando uma prática cada vez mais comum entre as empresas. Porém, é preciso estar atento a vários fatores para garantir um desempenho satisfatório. Veja nossas 5 dicas para lidar com uma equipe terceirizada ineficiente.

A rapidez com que o mercado cresce e se modifica tornam necessárias medidas para diminuir gastos, facilitar e agilizar processos. Nesse cenário, a terceirização surge como uma ótima opção tanto para grandes quanto para pequenas empresas que desejam ou precisam poupar tempo e espaço, mas ainda assim prezam por um serviço de qualidade.

Com a contratação de uma equipe terceirizada, o empreendedor e a equipe efetiva da empresa podem focar inteiramente em seus cargos, em alguns casos diminuindo o acúmulo de funções e aumentando a qualidade do trabalho prestado em todas as áreas.

Se decidiu contratar uma equipe temporária para dar conta de alguns serviços e assim aliviar alguma responsabilidade, mas isso acabou gerando problemas, você vai achar que a contratação foi um grande tiro no pé.

Antes de tudo, é preciso lembrar que o sucesso de uma empresa é grandemente influenciado pela qualidade da gestão – seja dos funcionários, seja da equipe terceirizada. Porém, depois de ter feito a escolha, é necessário lidar com as consequências – e às vezes é necessário fazer isso bem rápido e de maneira eficiente, porque, para uma empresa, tempo é dinheiro.

Existem muitas medidas que podem ser tomadas tanto antes quanto depois da contratação e também no caso de insatisfação com os resultados. A seguir, você conhecerá 5 delas e aprenderá a aplicá-las de maneira prática.

Boa comunicação

Abra um canal de comunicação entre a empresa e os funcionários desde o início. Torne possível a todos entender exatamente o que a empresa espera deles com base em planejamentos e metas. Cuide para esclarecer todas as dúvidas e não deixar nada em aberto. Essas atitudes diminuirão a possibilidade de trabalhos incompletos ou incorretos.

Dialogue, compreenda e conheça seus funcionários. Isso vai permitir avaliar seu grau de afinidade e comprometimento com os valores da empresa, além de ajudar a traçar seu perfil profissional e, de certo modo, pessoal. Claro que se aproximar de um por um pode ser inviável em alguns contextos, então o empreendedor deve investir em pesquisas e atividades capazes de fornecer as informações necessárias.

Quando problemas são identificados, é ainda mais necessário conversar com as equipes. Entender a situação e enxergá-la de diferentes ângulos pode facilitar muito a adoção de mudanças. Em qualquer cenário, nunca se esqueça da importância de comunicar-se de maneira séria e clara.

Na questão da comunicação também entra a assinatura de contratos, os quais devem conter os respectivos direitos e deveres de ambas as partes bem definidos, possibilitando acompanhar e medir o desempenho, além de criar uma relação sólida entre a empresa e as equipes.

Integração eficiente

A equipe terceirizada pode se sentir excluída pela empresa, e isso pode diminuir o seu zelo pelo trabalho prestado. Algumas medidas “padrão” podem fazem com que percam a motivação e assim não se importem em entregar um trabalho excelente, mas apenas regular. Seu comprometimento também pode diminuir, levando a muitas faltas, atrasos, tarefas incompletas e menor produtividade.

Não fornecer os mesmos benefícios, tratar de maneira diferente, adotar regras “discriminatórias”, separar os locais de refeição – essas atitudes podem parecer normais e justas, afinal, a equipe temporária é bem diferente da equipe efetiva. Porém, parando para avaliar suas possíveis consequências, não são boas escolhas.

Para aumentar a integração e identificação dos colaboradores com a empresa, sejam eles fixos ou temporários, o empreendedor deve investir em coisas simples como inclusão de todos em lanches ou momentos de descontração. Alguns minutos compartilhados entre as equipes podem colaborar bastante para um clima agradável e tranquilo no dia-a-dia.

Dialogar, integrar e colaborar com o trabalho da equipe terceirizada são medidas capazes de melhorar os resultados.

Avaliações constantes

Depois de estabelecer alvos e objetivos logo no início da prestação de serviços, é preciso acompanhar o desempenho da equipe com frequência para detectar rapidamente possíveis falhas e assim corrigi-las o quanto antes.

Métodos de avaliação objetivos economizam tempo e esforço, além da facilitar uma comunicação eficiente para incentivar, cobrar ou elogiar. Estabelecer uma comunicação mais profissional, pautada em dados organizados e planilhas inteligentes, evita reclamações vagas e exigências absurdas de ambas as partes.

Sendo tanto a empresa quanto a equipe terceirizada bem informados quanto ao andamento do trabalho, é possível pensar em estratégias adequadas de mudança e também perceber se as medidas tomadas estão trazendo resultados efetivos.

Valorização do trabalho

Todos gostam de se sentir valorizados, mesmo que seja por meio de simples bilhetes de agradecimento. Dentro de uma empresa, onde muitas pessoas não esperam receber algo assim dos seus patrões, não são necessárias grandes amostras de generosidade e bondade para estreitar as relações.

Elogios, surpresas agradáveis, lembrancinhas, itens personalizados – não subestime o valor deles em motivar e agradar aos funcionários. Mostrar por meio de palavras e ações que a empresa valoriza a participação, as ideias e a presença de cada um que faz seu melhor pode causar uma ótima impressão.

Ao distribuir brindes ou oferecer pequenos benefícios, não se esqueça da equipe terceirizada. Atitudes como essa podem estimular a criação de um vínculo com a empresa, tornando o trabalho e o ambiente mais agradável para todos. Por dar valor à equipe, ela pode entender que sua empresa também merece ser valorizada.

Colaboração eficaz

A empresa precisa entender e definir o melhor modo de trabalhar junto com a equipe terceirizada. Conforme já foi dito anteriormente, fica bem claro que o distanciamento entre as partes não resolve ou previne nenhuma questão – apenas pode trazer problemas ainda maiores.

Naturalmente, a equipe temporária não começa a prestar os serviços na mesma sintonia que a empresa e os funcionários. Eles não estarão acostumados à rotina, aos valores, ao modo de trabalhar. Portanto, é bom cultivar um ambiente amigável de troca de conhecimentos e colaboração entre todos.

Acompanhe, explique, tire dúvidas. Nunca é demais reforçar a importância da boa comunicação para obter os resultados desejados. Além disso, a colaboração também é importante para avaliar de modo certeiro o trabalho prestado – dando todo o apoio necessário, mostrando que a empresa está presente e cumprindo com suas obrigações, é possível analisar claramente o potencial e o perfil da equipe terceirizada.

Antes de contratar uma equipe terceirizada para prestar serviços, as empresas devem se certificar de que são capazes de oferecer um ambiente próspero e agradável de se trabalhar para todos os funcionários.

O despreparo dos contratantes pode prejudicar muito o trabalho dos contratados, porém, quando a empresa se previne e se prepara, mostrando maturidade e comprometimento, é possível transformar o trabalho da equipe em combustível para o sucesso.

Achou o artigo útil? Tem alguma dica para lidar com equipes terceirizadas nas empresas? Fale para nós na seção de comentários!

Powered by Rock Convert

Escrever comentário

Shares