Para quem pensa em iniciar um empreendimento, existem várias opções e formatos que podem ser ideais para começar as atividades. Por exemplo, é possível apostar em uma franquia ou fazer algo totalmente do zero. 

Em ambos os casos, é preciso considerar as características de cada formato e as vantagens que ele oferece. A seguir, explicamos como eles funcionam e suas diferenças. 

Entenda como funciona uma franquia

Se você está em busca de uma franquia para investir, o primeiro passo é compreender como esse modelo de negócios funciona. Afinal de contas, as franquias contam com características próprias, que realmente as diferenciam de um negócio normal. 

Dessa forma, saiba que as redes de franquias consistem na reprodução de um negócio em novas unidades. Ou seja, uma marca oferece para seus investidores o direito de uso de todo o seu know how e nome. 

Com isso, os chamados franqueados operam a partir de um modelo já desenvolvido por essa marca. Logo, temos um modelo de negócio que será replicado em novos locais, mantendo o padrão de qualidade já estabelecido. 

Nesse sentido, esse investidor não precisa desenvolver produtos ou serviços, nem mesmo criar um plano de negócios totalmente do zero. Isso porque, ele terá como base o que já foi construído pela marca. 

Para que você entenda melhor, pense na franquia McDonald’s, uma das mais conhecidas no mundo. Existem unidades espalhadas por todos os lugares, e mesmo que você frequente lojas diferentes, irá encontrar os mesmos produtos e serviços em todas elas. 

Caso precise de crédito para abrir seu negócio, uma opção interessante pode ser o empréstimo. Uma dica é usar um simulador de empréstimo para conseguir os valores.

Com o simulador, fica mais simples visualizar e comparar várias ofertas de crédito. Então, é possível escolher o empréstimo mais vantajoso ao seu caso.

Além disso, é interessante entender que as franquias estão presentes nos mais diversos segmentos. Assim, você pode procurar por aquele que mais se encaixa no seu perfil, seja em alimentação, moda, serviços educacionais, franquia de serviços automotivos e outros. 

Como abrir um negócio do zero?

Foto de um computador ao lado de um caderno, caneta e celular em uma mesa de madeira. Imagem ilustrativa para texto franquia para investir.
Para abrir um negócio do zero, você terá que preparar todos os detalhes por conta própria.

No momento de procurar uma franquia para investir, é essencial que você conheça as outras oportunidades do mercado, como os negócios próprios. Ou seja, estamos falando daquele negócio que você começa totalmente do zero. 

Para isso, é necessário se preparar para diversas etapas que vão lhe ajudar a definir toda a sua operação, produtos ou serviços. Antes de tudo, você precisa definir o seu nicho de mercado. 

Nesse sentido, é importante não só buscar por algo que tenha demanda no mercado, mas que também se encaixe com o seu perfil. Ao trabalhar com algo que se identifica e tem interesse, fica mais fácil de conseguir um bom desempenho. 

Em seguida, você precisa fazer uma pesquisa cuidadosa sobre o mercado, tentando entender se o seu negócio tem chance de ser lucrativo. Ainda, é preciso entender como os concorrentes se posicionam e se você pode se destacar. 

Mas claro, para que um negócio realmente funcione, é fundamental conhecer o público-alvo e entender como alcançá-lo. Por isso, você também deve fazer uma pesquisa para definir sua persona e saber como chegar até ela. 

A partir disso, você deve desenvolver um plano de negócios, com todas as ações que a empresa precisará seguir para funcionar de forma adequada. Assim, é preciso traçar os objetivos a curto e longo prazo, e maneiras de chegar até lá. 

Do mesmo modo, não podemos nos esquecer que o planejamento financeiro é indispensável. Ao longo de todo o processo e até no início do negócio, você terá gastos. Por isso, precisa se organizar. 

Além disso, é preciso desenvolver um plano de marketing, para divulgar a empresa de forma correta. Contratar uma equipe e fazer todos os registros legais também são pontos que exigem atenção. 

Comparação: é melhor abrir franquia ou novo negócio?

Até aqui, se você estava buscando uma franquia para investir, já pôde entender um pouco sobre o modelo de franchising. Assim como abrir um negócio do zero. No entanto, saiba que existem vários detalhes que diferenciam essas duas opções. 

Sendo assim, antes de escolher uma franquia ou começar um negócio do zero, é essencial que você compreenda alguns pontos importantes sobre ambos os negócios. Dessa forma, será possível escolher algo que se encaixa no seu perfil. 

Acompanhe a leitura conosco e veja ainda mais distinções entre o modelo de franquia e um negócio próprio. 

Plano de negócio

Foto de um homem fazendo anotações em um caderno, com um computador ao lado. Imagem ilustrativa para texto franquia para investir.
Ao começar sua própria empresa, você precisa fazer pesquisas para construir seu plano de negócios.
  • Em uma franquia, você já começa a sua unidade com um plano de negócios bem estruturado. Por isso, você terá menos trabalho, já que não precisa desenvolver um plano totalmente do zero, realizando todas as pesquisas e testes. Isso porque, a própria marca já terá desenvolvido esse plano. Logo, você terá acesso a algo que já passou por melhorias e que obteve bons resultados na prática. 
  • No negócio próprio, você mesmo precisa criar o seu plano de negócios, para colocar a empresa em funcionamento. Sendo assim, como já mencionamos, é preciso realizar pesquisas e avaliar vários detalhes. Isso porque, nesse documento você deve identificar as necessidades do seu empreendimento, listar quais são os seus objetivos com ele e quais as formas de alcançar suas metas. Portanto, você deve ter cuidado para estruturar de forma segura, e corrigir detalhes sempre que for necessário. 

Desenvolvimento da operação

  • No momento de começar as atividades da unidade, um franqueado conta com total suporte da franqueadora. Ou seja, por mais que o empreendedor seja responsável pela unidade, ainda terá apoio para desenvolver determinadas atividades e conseguir crescer seu negócio. Para isso, as franquias oferecem treinamentos iniciais e até ajudam na implantação do negócio. Ao mesmo tempo, os franqueados podem contar com apoio em marketing, parte jurídica, administrativa e operacional como um todo. Logo, fica mais fácil para quem não tem tanta experiência com uma empresa na prática. 
  • Em um negócio próprio, você terá que dar conta de toda a operação por conta própria. Afinal, você não terá uma empresa por trás para dar suporte, o que também vai oferecer mais liberdade. Sendo assim, é essencial se preparar para diversos tipos de situação e se manter antenado a vários detalhes para conseguir dar conta de tudo. Em um empreendimento como esse, você precisa estar por dentro da parte administrativa, financeira e operacional. 

Previsão de gastos

  • No franchising, você já conta com a previsão de gastos, antes de mesmo de fazer o investimento inicial. Isso porque, ao receber a Circular de Oferta de Franquia (COF), documento que detalha o negócio e reúne todas as informações importantes, você já tem acesso aos valores da franquia. Então, ficam listados o cálculo para implantação, as taxas de franquia, capital de giro e mais. Logo, você consegue saber com antecedência quanto precisará desembolsar.
  • Em um negócio próprio, não é possível saber quanto você irá gastar sem antes realizar um planejamento detalhado. Portanto, você precisa se planejar financeiramente e estar pronto para lidar com as despesas. Nesse sentido, como não temos um negócio previamente testado, sempre existe o risco de imprevistos que podem gerar gastos extras. 
Foto com três pilhas de moedas e plantas nos topos. Ao fundo vemos mais plantas.
Para abrir um negócio, você precisa se organizar financeiramente.

Flexibilidade de decisões

  • A flexibilidade na hora de tomar decisões em um negócio é algo importante para quem quer empreender. Desse modo, em uma franquia, você precisa entender que as suas decisões podem ser limitadas. Isso porque, você estará ligado diretamente à marca principal. Por mais que você seja responsável pela unidade, ainda precisará respeitar os padrões da empresa. Nesse sentido, algumas decisões são limitadas e você não pode fazer alterações como bem entender. Lembre-se que será preciso seguir o know how da franquia e manter o padrão de operação para que sua unidade não se diferencie das outras. Logo, opte por uma franquia se você não se importar em seguir algumas regras e planos já estabelecidos. 
  • Em um negócio próprio, você será o responsável por tudo, e deve administrar seu ponto comercial de acordo com o que foi planejado e proposto por você. Sendo assim, é possível ter mais liberdade para intervir em determinadas situações, escolher caminhos a serem seguidos e optar por mudanças quando necessário. Mas para que tudo dê certo, na hora de realizar mudanças, você precisa se basear em informações mais concretas, tendo como base dados que apontam para escolhas adequadas para seu negócio. Por mais que você possa tomar suas próprias decisões, faça tudo de forma cautelosa para evitar qualquer tipo de problema. 

Reconhecimento da marca

Foto de mãos se apertando, enquanto uma delas sai de dentro do computador. Temos também uma mesa com cadernos, celulares e canetas.
A reputação e confiança do público são detalhes importantes para uma marca.
  • Na hora de buscar uma franquia para investir, você precisa ficar atento à reputação que a marca possui. Isso porque, no franchising, ao abrir uma unidade, você passa a contar com o reconhecimento que a empresa principal possui. Mesmo que seu ponto seja novo, as pessoas provavelmente já conhecem a marca devido as outras unidades em operação. Ou seja, você estará trabalhando com uma marca que é reconhecida. Isso pode ser um ponto favorável, já que é mais fácil conquistar clientes que já lhe conhecem. No entanto, para que seu negócio dê certo, essa marca precisa ser de confiança e contar com uma boa reputação. Por isso, não se esqueça de fazer uma pesquisa cuidadosa. 
  • No momento de abrir um negócio próprio, você precisa ter em mente que o grande público ainda precisará descobrir sua marca. Como o negócio não conta com um reconhecimento prévio, é preciso investir ainda mais em divulgações e formas de alcançar o público-alvo certo. É por isso que, ao abrir um negócio, é indispensável fazer um planejamento de marketing, e realizar investimentos necessários para que a marca chegue até o público ideal. 

Saiba como decidir entre franquia e negócio novo

Ao longo do texto, você pôde conhecer um pouco mais sobre o modelo de negócio normal e também no franchising. 

Ambos os casos contam com pontos interessantes e outros que podem não lhe agradar. Por isso é tão importante conhecer esses detalhes, para entender qual a melhor opção para você. 

Como dissemos, se você deseja ter mais autonomia, começar algo do zero pode ser o ideal. 

Por outro lado, se você busca uma estrutura com apoio, na franquia você encontrará todo o suporte necessário para conduzir seu negócio. 

Ao mesmo tempo, você precisa analisar a sua vida financeira e se você possui as condições necessárias para investir em um desses modelos. Inclusive, você deve considerar qual pode caber no seu orçamento sem prejudicar suas finanças. 

Além disso, não se esqueça que é ideal conhecer o mercado local e as oportunidades de crescimento na região em que você pretende operar. Dependendo do local, um tipo de negócio pode se dar melhor. 

Viu como é essencial avaliar vários detalhes antes de investir em algo? Se você ainda quer entender mais sobre franquias e se preparar para fazer um investimento, confira nosso artigo sobre: franquias lucrativas para investir em segmentos em alta.

Comentários