Várias novidades estão surgindo para facilitar os pagamentos e mudar a forma com que ocorrem transações financeiras. Dentre essas inovações em pagamentos, o Banco Central lançou o Pix e, até junho, está colocando em votação duas novas inovações: Pix Saque e Pix Troco.

1. A ideia é facilitar o caminho entre o dinheiro físico e digital

O Pix é uma invenção majoritariamente digital, mas não se pode desprezar uma eventual necessidade de pagamentos em espécie. Isso pode acontecer para pessoas sem conta em banco ou máquinas de cartão receberem, ou pequenos pagamentos. A facilidade de converter dinheiro digital em físico e vice-versa é uma forma de liberdade para cada pessoa usar seu dinheiro como bem entender.

O Pix Saque e o Pix troco irão facilitar ainda mais esse intercâmbio. Vamos entender mais a seguir.

2. Pix Saque

Digamos que você possui conta em banco e apenas em uma instituição. Você está em uma cidade pequena e não há agência de seu banco, mas de outros. Fazer um pagamento em espécie pode ser difícil, se for necessário.  

Com o Pix Saque, será possível realizar saques, em valores limitados, em outras instituições ou agentes financeiros. Após um limite mensal de saques (em número de vezes), o banco que a pessoa possui conta com chave pix poderá cobrar alguma tarifa, não quem fornecer o saque. É como se um banco em que não se tem conta recebesse em pix em devolvesse em dinheiro.

3. Pix Troco

Esse tipo de pix não teria a função única de retirar dinheiro em espécie. Um cidadão poderia realizar a compra de um determinado produto no comércio, pagar em pix a mais do que seria o pagamento efetivo, e receber o troco em dinheiro vivo. 

Como o pix é uma transferência flexível e depende apenas do saldo em conta de cada cliente bancário, é possível ajustar esse pix saque com a disponibilidade de troco no estabelecimento, diferentemente de uma nota física, onde o troco é fixo segundo o valor a pagar naquela despesa. Por exemplo: o estabelecimento possui vinte reais de troco e sua conta é de dez reais e cinquenta centavos. Um pix troco pode ser feito no valor de trinta reais e cinquenta centavos, e esse troco de vinte ser devolvido ao cliente.

Por fim,

Estamos vivenciando uma modernização do nosso sistema financeiro, que está incluindo mais facilidades tanto de pagamento e transferência, como de intercâmbio entre o dinheiro físico e digital. Tanto Pix Saque como Pix Troco devem ser implantados no segundo semestre deste ano de 2021.

Em breve, novas opções são esperadas, além do pix saque e troco, como agendamento de transferência, opção hoje existente apenas no TED convencional. Vamos aguardar os novos capítulos!

SOBRE A AUTORIA: Esse texto é um oferecimento d’O Blog do Mestre, gentilmente publicado pelo Portal Juros Baixos. O Blog do Mestre é um blog que envolve entretenimento, curiosidades, atualidades e muito conhecimento!

Comentários