Powered by Rock Convert

Será que ter um contado é uma das obrigatoriedades do MEI?

Um contador pode facilitar e muito a vida dos microempreendedores individuais.

O número de microempreendedores individuais estão crescendo a cada dia. Uma das principais dúvidas após a formalização é em relação a necessidade de um contador para tratar de alguns assuntos como a DASN SIMEI, a declaração anual do Simples Nacional, que todo MEI deve fazer para descrever o seu faturamento no último ano.

Na teoria, o microempreendedor individual não tem obrigatoriedade de ter um contador ao se formalizar, mas um profissional de contabilidade pode ajudar bastante, principalmente a novos empreendedores que tenham pouco ou nenhum conhecimento com essa parte administrativa e burocrática de um negócio. Lembre-se sempre que o MEI é uma empresa e não está livre da cobrança de impostos e declarações a Receita Federal.

O MEI pode ser prejudicado por não contratar um contador?

Sem contar com um profissional de contabilidade, o microempreendedor individual pode sofrer uma tributação mais severa, o que compromete uma parte significativa do faturamento. Pela lei brasileira, qualquer quantia mensal arrecadada que ultrapasse 32% do seu lucro, será tributada em 27,5%.

Apesar de não ser obrigado a ter um contador, o MEI pode contratar um profissional para diminuir os custos. Caso o empreendedor emita R$ 5 mil em notas, somente R$ 1.600 estarão isentos de tributos. O resto do montante poderá sofrer os descontos citados acima.

Não há como garantir que contratar um contador vai evitar que seu microempreendimento seja menos tributado. Resumindo, ter um profissional de contabilidade cuidando da parte burocrática pode deixar seu negócio menos vulnerável a altas tributações.

No que o contador pode ajudar o MEI?

Existem diversos fatores que devem ser considerados antes de contratar um contador, confira alguns abaixo:

– Saúde Financeira: O contador será o profissional responsável por manter sua empresa dentro de uma boa organização financeira;

– Facilidade de entender o balanço financeiro: Um contador pode orientar o MEI sobre diversos procedimentos relacionados a formalização, além de ajudar o microempreendedor a entender os resultados financeiros de sua empresa;

– Risco zero de erros em declarações e recolhimento de impostos: O profissional de contabilidade é capacitado para tomar conta e fazer corretamente todos os processos necessários para manter o seu empreendimento em dia com a Receita Federal.

Como o MEI pode evitar altas tributações sem um contador?

Existem algumas formas para evitar que grande parte do lucro do seu empreendimento seja comprometido pelos impostos. Sem contar com um contador, o MEI deve aumentar os cuidados com a gestão financeira de seu negócio para evitar entrar em atraso nos pagamentos e cometer erros que podem gerar penalidades e complicar a situação junto à Receita Federal.

Uma boa prática é adotar um sistema emissor de nota fiscal. Entre os benefícios do chamado NF-e, estão:

– A emissão pelo programa é muito mais rápida e fácil;

– É possível fazer o backup das notas, podendo armazenar os comprovantes por até cinco anos.

Powered by Rock Convert

Comentários

Shares