Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Quer fazer alguma iniciativa de promoção ou divulgação na sua pequena empresa? Então deve saber que um detalhado plano de marketing estratégico é o primeiro passo para garantir que os seus objetivos serão alcançados. Mas e, então, como colocar em prática todos os tópicos descritos nesse planejamento? A resposta está no marketing operacional, que pode se revelar como uma caixinha de surpresas. Confira o que fazer para driblar qualquer adversidade.

Pequenas empresas também devem investir em marketing. A ferramenta, aliás, pode se mostrar como um importante diferencial competitivo no mercado. Afinal, é por meio dele que as organizações poderão divulgar o seu negócio, apresentarem-se aos clientes e prospects e quais produtos ou serviços tem a oferecer.

Etapas de um planejamento de marketing

Um bom planejamento de marketing traz todo um detalhamento, para possibilitar que as ações serão desenvolvidas da melhor forma possível. Mas, em linhas gerais, é possível condensar esse planejamento em duas partes principais: o marketing estratégico e o marketing operacional. Veja a seguir o que caracteriza cada uma dessas fases:

  • Marketing estratégico: feito antes de lançar um produto ou serviço, inclui um estudo ou análise do mercado, depende de profundo conhecimento sobre o público-alvo que se quer alcançar, abrange a definição de preços e vai até as estratégias para se comunicar com os clientes.
  • Marketing tático: coloca em prática os detalhes definidos durante a estratégia, com a realização das ações planejadas. Seu início é a partir da criação e desenvolvimento de um produto, passando pela realização das campanhas, engajamento dos funcionários da empresa, e sendo fechado nas ações de pós-venda e de fidelização dos clientes.

Logicamente, o tipo de ações realizadas vai variar de acordo com o porte e budget de cada empresa. Mas, em geral, a estrutura do planejamento se mantém.

Lembra das adversidades, citadas logo no início deste artigo? Uma boa forma de se antecipar a elas é tentar prever todos os cenários possíveis (positivos e negativos também) que a empresa pode enfrentar no lançamento de algum produto ou serviço novo. Assim, é possível se preparar melhor para o que eventualmente surgir – repare, não significa que você sempre conseguirá evitar esses episódios, mas vai ser possível encará-los de outra forma.

Colocando a estratégia em prática

Há três orientações centrais quando o assunto é passar da página do marketing estratégico para o marketing operacional:

  • Manter o foco, a disciplina e seguir conforme o planejado;
  • Ligar as antenas, para saber avaliar quando uma ação não terá o resultado que você imaginou (e ter maturidade para lidar com isso);
  • Ter um plano B na manga e usá-lo quando for necessário.

Precisa de dicas de marketing?

1. Aposte em marketing digital

A Internet é, hoje, uma das principais ferramentas utilizadas pelos consumidores para a busca de produtos e serviços. Assim, ter um site, blog e redes sociais atualizados podem contribuir, e muito, para a construção da sua presença digital.

Powered by Rock Convert

2. Invista em conteúdo orgânico

Não precisa lançar todas as suas fichas em anúncios pagos. A produção de conteúdo relevante pode ser uma excelente forma de oferecer respostas para as principais dores de seus consumidores, fazendo com que eles cheguem até você. E não será preciso gastar nada além de tempo e energia para a composição dos textos.

Além disso, é possível contar com agências que te ajuda

3. Não venda só produtos ou serviços, mas experiência!

Qualquer que seja o segmento, a sua oferta será utilizada com uma finalidade. Faça todo o possível para que essa experiência seja a mais encantadora possível para o cliente. A ideia é tornar a vida dele mais simples.

4. Tenha um programa de fidelização

Além da melhor solução para um problema, dê aos seus clientes uma motivação a mais para continuar com você. Estruture cuidadosamente benefícios que possam recompensar aqueles que apresentarem lealdade com a sua marca. Os resultados virão em pouco tempo!

m a estudar a necessidade do seu negócio e criar a melhor estratégia digital no Google de modo a atrair o maior número de tráfego qualificado para o seu negócio. Um exemplo é a Markeninja, que trabalha com estratégias de SEO, Adwords e Marketing de conteúdo.

Acompanhamento dos resultados

Só por meio de monitoramento constante é que você poderá garantir a modificação de uma ação na hora correta ou mesmo saber se dá para seguir com tranquilidade o que foi previamente estruturado. É como se você estivesse o tempo todo com um termômetro para aferir os resultados. E esse termômetro será justamente as métricas de marketing.

Viu só? Mesmo com planejamento, as coisas podem sair um pouco da linha, imagine se você não tiver controle algum! Por isso, aposte em um bom planejamento de marketing estratégico e operacional. Invista no seu negócio!

Powered by Rock Convert

Comentários

Shares