Você já ouviu falar no Maio Amarelo? É muito comum surgirem campanhas de conscientização ao longo dos meses. E, apesar de não ser tão conhecida, também existe a do Maio Amarelo.

Essa campanha é muito importante porque ela ajuda a salvar vidas e prevenir mortes no trânsito, fazendo com que as pessoas cuidem mais de si mesmas e dos outros.

O sistema rodoviário é o meio de transporte mais perigoso do mundo. Ou seja, andar de carro ou motocicleta oferece um alto índice de acidentes. E, infelizmente, a maioria deles acontece por imprudência ou negligência.

Com isso, muitas vidas podem ser salvas com pequenas atitudes, como manter a atenção no trânsito ao dirigir e até mesmo evitar escolhas impulsivas apenas por estar com pressa, por exemplo

Diante dessa realidade, surge o Maio Amarelo. Para conhecer mais sobre ele, continue a leitura.

Qual o significado do maio amarelo?

O Maio Amarelo surgiu para conscientizar a população sobre a importância da segurança no trânsito. Essa iniciativa é coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. 

O objetivo do movimento é conseguir mobilizar diversos setores para gerar ações em prol da segurança no trânsito. Isso engloba desde empresas e associações até órgãos do governo e entidades.

Por que da cor amarela?

Você pode estar se perguntando por qual motivo o amarelo e o mês de maio foram escolhidos para representar essa causa.

Primeiramente, foi em maio que a ONU decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. Diante disso, as ações anuais referentes a essa causa são sempre conferidas em maio, em todo o mundo.

Já a cor amarela representa a advertência no trânsito. E isso tem tudo a ver com o objetivo da campanha: fazer as pessoas terem mais cuidado ao dirigir.

Qual a importância desse tema para nós?

Como já comentamos, existe um alto índice de acidentes no trânsito. Muitas pessoas, mesmo que sigam com vida, têm sequelas graves, como a tetraplegia, por exemplo.

Então, é de suma importância entender os riscos de frequentar um meio de transporte rodoviário para tomar os cuidados necessários, como andar de cinto, fazer revisões frequentes no carro e respeitar a sinalização de trânsito.

Conscientização

Para minimizar os números de tragédias no trânsito, algumas medidas podem e devem ser implementadas por todos nós.

Sendo assim, o primeiro passo é a conscientização. A campanha Maio Amarelo mostra para as pessoas que os riscos são reais e chamam a atenção para casos que, muitas vezes, passam despercebidos. 

Um exemplo disso é o acidente de carro do ex-BBB Rodrigo Mussi. Depois do ocorrido, muitas pessoas passaram a usar cinto no banco de trás, o que sempre foi negligenciado no Brasil.

Ou seja, quando acontece um caso palpável em que as pessoas realmente percebem o perigo no trânsito, elas tomam atitudes de preservação das próprias vidas.

Segurança

Com essa conscientização, conseguimos aumentar a segurança no trânsito. A campanha pretende que as suas ações consigam reduzir os acidentes a longo prazo.

Tudo isso garante a segurança tanto do motorista quanto de pedestres e outros veículos que possam entrar em contato com o carro. Ou seja, a segurança é o resultado da conscientização.

Para isso, medidas simples como o uso do cinto de segurança, respeito à sinalização de trânsito, evitar uso de celular na direção, além de uso da tecnologia a nosso favor, podem garantir menos riscos nas estradas.

Prevenção

Por fim, o Maio Amarelo serve, também, para prevenir. Quando a pessoa respeita as regras de trânsito e anda com prudência, ela previne muitos acidentes.

Diante disso, essa campanha une esses três pilares – conscientização, segurança e prevenção – para ter resultados significativos com ações que façam bastante diferença na sociedade civil.

Como podemos fazer nossa parte

Agora que você já conhece o Maio Amarelo, pode estar se perguntando como você pode contribuir com ele.

Primeiramente, mesmo que você não consiga participar de nenhuma ação, ainda pode compartilhar os conteúdos da campanha para fazê-la chegar no maior número de pessoas possível.

Além disso, mais importante do que tudo, é você ter as atitudes que a campanha busca incentivar. Ou seja, não ultrapasse carros quando a faixa não permitir, use cinto de segurança, não avance o sinal. Tudo isso e muito mais pode salvar diversas vidas, inclusive a sua.

Ainda vale ressaltar que você pode participar ativamente da campanha. Para isso, confira o site oficial para conhecer as ações vigentes e como fazer parte delas. Você pode, inclusive, criar uma ação no seu bairro, basta entrar em contato com o site e contar a sua proposta.

Pequenas ações que fazem a diferença

Muitas vezes, nós achamos que não temos voz o suficiente para, de fato, mudar uma realidade. Isso é ainda mais forte no Brasil devido ao tamanho do país e da população de mais de 200 milhões de habitantes.

Porém, as pequenas ações fazem toda a diferença. Isso é ainda mais forte nesse caso porque o resultado significa salvar uma vida, e toda vida importa.

Além disso, temos a capacidade de mobilizar outras pessoas. Quando a sociedade está engajada com uma causa, essa rede só vai crescendo e os resultados costumam ser muito surpreendentes e interessantes.

Por isso, não desanime com as dificuldades e tenha a certeza de que a sua participação no Maio Amarelo faz uma grande diferença para a segurança no trânsito com o objetivo de salvar vidas.

Comentários