Powered by Rock Convert

Começar a investir no Brasil é uma dificuldade. Entretanto, começar uma empresa a partir de uma marca já estabelecida é uma forma mais fácil de obter sucesso no mundo do investimento. Partindo dessa ideia, o mercado de franquias pode ser uma ótima escolha para o empresário.

Apesar desse tipo de estabelecimento também possuir riscos, investir em uma marca já conhecida pelo público reduz a margem de erro para o empreendedor. Além da ajuda oferecida para o empresário ter sucesso, a franquia já estabelece métodos e fórmulas para o êxito da loja.

Funcionamento da franquia

O mercado de franquias funciona de uma maneira simples, o empreendedor interessado em investir em uma determinada marca ou modelo de estabelecimento entra em contato com o franqueado, que é o criador da marca.

Por meio desse contato, o empreendedor externa o seu desejo de trabalhar com aquela empresa, seguindo os métodos, serviços, mercado e público alvo já estabelecidos pelo criador da marca. Ou seja, o franqueado oferece as oportunidades e formas de atuação para o franqueador, que deve segui-las.

Esse método foi estabelecido pelo modelo Franchising, que definiu os direitos e deveres que ambos os lados desse relacionamento devem ter. Para tudo isso acontecer, o empreendedor interessado no mercado de franquias deve emitir a Circular de Oferta de Franquia (COF).

O COF é um documento que especifica de uma maneira clara como o negócio funciona, incluindo as regras e procedimentos que o franqueado deve seguir. Após a emissão desse documento, o empreendedor interessado no modelo de negócio da franquia tem acesso às informações essenciais.

Essas informações são utilizadas para o empresário ver a viabilidade do empreendimento, ou seja, se o negócio pode ser criado ou não. Entre essas informações estão o tipo de produto e serviço ofertado, o valor do investimento inicial, como funciona o processo produtivo da franquia, entre outras.

Vale ressaltar que, após a avaliação do empreendedor, o franqueador pode fazer uma análise do franqueado e, caso ele não atenda ao perfil solicitado pela empresa, ele pode negar a parceria. Após o término de todos esses procedimentos, ambas as partes assinam um contrato.

Antes de fechar a parceria, ambos os lados do relacionamento fazem análises para ver a viabilidade do negócio

Mercado de franquias brasileiro

O mercado de franquias no país está tornando-se, cada vez mais, uma alternativa para os empreendedores que desejam abrir um estabelecimento. Esse tipo de mercado está em crescimento, de acordo com pesquisas feitas pela Associação Brasileira de Franchising.

Segundo os resultados obtidos pela Associação, o mercado de franquias teve um crescimento de 8% no faturamento no ano de 2017 (R$163 bilhões). Graças a esse crescimento nos resultados, as franquias conquistaram uma grande importância na economia do país.

Além desse crescimento no faturamento, as empresas franqueadoras também tiveram um aumento em suas lojas, abrindo 145 mil novos estabelecimentos, gerando 1,2 milhões de vagas de emprego no ano de 2017.

Por conta desses bons números, estima-se que o mercado de franquias atinja um faturamento de quase R$180 bilhões no ano de 2018, crescendo de 9% a 10%. Aumentando 3% na quantia de vagas de empregos no país.

Powered by Rock Convert

Escrever comentário

Shares