Powered by Rock Convert

Começar uma empresa nem sempre é fácil, e o maior dos obstáculos costuma ser o investimento. Muitos empreendedores se deparam com uma ótima ideia de negócio, mas com um duro fato: a falta de financiamento para o desenvolvimento da empresa. Com o objetivo de alavancar grandes empresas surgiu um movimento chamado de investidor-anjo, que transforma ideias em empresas.

Esse tipo de investidor nada mais é do que uma pessoa física com poderes aquisitivos e grande experiência em negócios. Eles costumam realizar investimentos em empresas que possuem um certo potencial de crescimento, por isso, conquistar o investimento de um investidor-anjo nem sempre é fácil.

Como funciona esse tipo de investimento?

Para entender melhor essa relação entre o investidor e o criador da empresa é só comparar com a atitude de um sócio, que tem como objetivo financiar os custos da empresa ou apresentar trabalho operacional. No caso desses investidores, eles atuam como sócios fornecendo dinheiro, conselhos e orientações em relação a administração da empresa. Sendo assim, esses investidores passam a participar das decisões importantes da empresa assim como dos lucros.

O presidente da associação Anjos do Brasil, Cássio Spina, revelou que as empresas costumam pagar em torno de 15% a 35% do lucro para os investidores. O que demonstra um ótimo retorno para quem pretende fazer um investimento, mas não possui uma grande ideia. Já no caso do empreendedor que não possui nenhuma forma financeira de começar seu negócio, mas tem grande potencial de crescimento, essa é uma ótima alternativa.

Quem são esses investidores?

Geralmente, o investidor-anjo possui como característica a profissão de investidor de empresas. Sendo assim, ele possui conhecimentos sobre administração, negócios, entre outras coisas. Sua postura muitas vezes pode ser comparada a de um professor, que prestará os devidos auxílios e conselhos para que a empresa recém-criada possa crescer.

Diferente do que muita gente pensa, esse tipo de investidor não cobra por seu investimento quando a empresa começa a gerar lucro. Ou seja, todo valor que foi investido foi de responsabilidade do investidor, por isso, a empresa não se responsabilizará pelo retorno. O que não acontece em uma situação de empréstimo, onde o empreendedor tem que se desdobrar para pagar as parcelas antes que haja o endividamento.

Quais são os negócios mais procurados pelo investidor-anjo?

Cada investidor possui características de investimento próprio, o que quer dizer que cada um prefere atuar em um determinado segmento. Contudo, algumas áreas de negócios são mais requisitadas do que outras, sendo que a fase de crescimento de uma empresa é sempre o momento mais procurado para o investimento.

Independente da área de atuação, os investidores estão atentos ao crescimento daquela empresa. Eles até topam assumir certo risco de investimento em ideias geniais que ainda estão no início, mas se envolvem mais com empresas que já demonstram crescimento e querem expandir o negócio. Os negócios mais procurados por esses investidores geralmente são aqueles envolvidos com tecnologias, como o desenvolvimento de aplicativos.

Veja também

Powered by Rock Convert

Escrever comentário

Shares