Powered by Rock Convert

Tomadas de decisões não podem ser tiros no escuro, ainda mais quando se fala de dinheiro. Uma empresa precisa ter algum embasamento para decidir se investe ou não no crescimento de uma determinada área, bem como quando essa área começará a dar um retorno.

Não seria incrível ter um indicador para saber quando um investimento terá retorno financeiro? Justamente, o indicador payback é a ferramenta que permite prever quando um investimento será recuperado, podendo ser usada para decidir se uma determinada decisão.

O indicador payback serve para analisar o prazo do retorno de um investimento inicial, até o momento em que o ganho seja igual ao primeiro investimento.

Como calcular o payback simples?

Uma fórmula simples para calcular o prazo de retorno é:

Payback = Investimento inicial/Ganho do investimento

Traduzindo, o tempo de retorno é igual ao investimento necessário para o projeto em questão dividido pela economia que o investimento possibilitará.

Por ganho do investimento, podemos entender duas coisas: o ganho estimado que o projeto trará ao mês (uma porcentagem na redução de custos, conforme o exemplo abaixo) ou o resultado real do fluxo de caixa no período. Para calculá-lo conforme a segunda opção, você precisará ter um fluxo de caixa atualizado com um recorte mensal.

Exemplo

Considere uma fábrica de embalagens. A dona da empresa ficou sabendo de uma máquina de acelera o processo de corte e dobra do papelão e deseja comprar a ferramenta, que custará R$ 80.000,00. Por facilitar o trabalho, a máquina trará uma economia de 20% do custo de cada embalagem.

Cada embalagem tem o custo de produção de R$20,00, e sem a máquina são produzidas 5.000 embalagens ao mês. Ou seja, em um mês, gastam-se 20 x 5.000 = 100.000 reais para produzir essas caixas.

Powered by Rock Convert

Como a máquina permitirá a economia de 20%, isso em dinheiro equivale a 100.000 x 0,2 = 20.000 reais que serão poupados.

Logo, Payback = 800.000/20.000= 4 meses

Assim, após o cálculo do payback, a dona da fábrica optou por realizar a compra, já que quatro meses é um período bastante satisfatório para obter o retorno.

Qual é o problema do indicador payback simples?

Apesar de ser rápido e prático, a desvantagem dessa ferramenta é que, quando se tratam de projetos mais longos, o payback simples não considera as variações do fluxo de caixa ao longo desse tempo. Ou seja, esse cálculo é um resultado estático. Ele não inclui outras variáveis importantes para o rendimento de um investimento – como os custos de operação e manutenção da máquina, para seguir o exemplo acima.

Por isso, os especialistas sugerem um método mais preciso para calcular o prazo de retorno, chamado payback descontado.

O que é o payback descontado e como calculá-lo?

O indicador payback descontado vem para corrigir essa falha no indicador simples, considerando uma taxa mensal de desconto – geralmente, utiliza-se a Taxa Mínima de Atratividade. Ela indica o quanto pode se perder ao mês, oferecendo um resultado mais dinâmico.

Se considerarmos a TMA (Taxa Mínima de Atratividade) como 10% para o caso do investimento na máquina de cortar papelão, calcula-se:

Payback =80.000/20.000/1,1= 80.000/18.181,81…= 4,4 meses

Nota-se que há uma leve discrepância no resultado, que pode ser relevante para se tomar decisões que requerem dinamismo e precisão.

Conseguiu calcular o payback? Conte para nós e tire dúvidas conosco pelos comentários.

Powered by Rock Convert

Comentários

Shares