Devido a tamanha popularidade que o cartão de crédito tem conquistado, isso despertou, em muita gente, a curiosidade em compreender o funcionamento desta belezinha.

É difícil, atualmente, encontrar uma carteira que não tenha pelo menos um único cartãozinho, muitas pessoas tem dezenas deles. Porque ele tornou-se tão popular? Primeiramente devemos entender que o cartão de crédito é apenas um meio de pagamento, nada mais que isso, e por causa da sua praticidade e incríveis benefícios, tem conquistado o coração do mundo.

A enorme aceitação do cartão de crédito, outro aspecto que o ajudou a popularizar-se, está fazendo com que muita gente abandone o dinheiro físico.

Apesar disso, ele não é o meio de pagamento perfeito e ideal para todas as pessoas. Vamos desmistificar nos próximos tópicos o funcionamento do cartão de crédito e como isto repercute diretamente no seu bolso no final das contas.

Entenda o funcionamento do cartão e sua popularização

O cartão de crédito é um meio eletrônico de pagamento. O emissor do cartão (que normalmente é uma instituição financeira) oferece um limite de crédito para o cliente usar nas suas compras e pagamentos.

O limite de crédito oferecido é baseado no perfil de cada cliente. Desta forma, o cliente pode gastar mensalmente até aquele limite determinado pelo banco.

O valor de todas as suas compras, durante o mês todo, mesmo as parceladas, não podem ultrapassar aquele limite preestabelecido pelo banco.

No final de cada mês esta conta tem que ser paga, e ela vem em forma de fatura. E você deve pagar a sua fatura para que mais crédito seja liberado, caso contrário, você tem o crédito cortado até pagar a sua fatura e os juros sobre ela.

Então graças ao cartão de crédito você pode gastar um dinheiro que você ainda não tem em sua conta, porém desde que pague por ele no final do mês. Como a maioria das pessoas recebem uma única vez no mês, trabalhadores CLT, esta antecipação do dinheiro, em forma de crédito, foi muito bem aceita pelos trabalhadores em geral, fez com que o cartão de crédito se tornasse tão popular quanto é hoje.

Vencimento da fatura e os juros e multas vinculados ao uso do seu cartão

Como vimos no tópico sobre o funcionamento do cartão… a fatura é o valor total das suas compras, aquilo que você tem que pagar no final do mês para restabelecer o limite de crédito. A data de vencimento da fatura fica a critério de escolha do cliente, assim o mesmo não se atrapalha no momento de pagar. Recomendo sempre pagar a fatura na data certa, assim não são cobrados juros.

Para casos em que a fatura não foi paga devidamente

Há cobranças de juros quando a fatura não é quitada completamente. Neste caso, o cliente pode optar por pagar uma parcela da fatura, que é o chamado valor mínimo, vale ressaltar que esse percentual mínimo é definido pela instituição financeira do seu cartão.

O valor restante fica sujeito à cobrança de juros, o chamado crédito rotativo. Deve-se tomar muita precaução e usar o cartão de crédito com planejamento para não cair nesta situação, pois esta linha de crédito envolve a cobrança dos juros mais altos do mercado. Para se ter uma ideia os juros anuais do rotativo geralmente passam dos 400%, algo assombroso.

Os juros do rotativo não são tudo: suponha-se que o cliente deixe atrasar a fatura ou que pague um valor abaixo do valor mínimo estabelecido pelo banco, além dos juros do rotativo ele arcará com multa de 2% e juros de mora de 1% ao mês sobre o valor da dívida. O cliente ainda corre o risco de ter o cartão bloqueado até que a fatura seja quitada

Saiba tudo sobre as tarifas do seu cartão

As tarifas são cobranças realizadas pelos bancos, você tem que pagá-las sempre que utilizar certos serviços ofertados por eles.

As tarifas do seu cartão são definidas pelo Banco central, confira quais são os serviços:

Anuidade: a anuidade funciona como um aluguel, você deve pagar ela uma vez por ano para que você continue usando seu cartão.

Saque: todas as vezes que você realiza um saque pelo seu cartão de crédito, são cobrados tarifas.

Envio da segunda via do cartão: se você teve seu cartão roubado, furtado ou simplesmente o perdeu, você terá que pagar tarifas para receber uma segunda via.

Pagamentos: todas as vezes que você usa o cartão para fazer pagamentos de faturas ou boletos, os bancos cobram tarifas.

Além do mais, o emissor do cartão tem o direito de cobrar tarifas por serviços diferenciados, solicitados pelo cliente.

Gostou do artigo? Compreender o funcionamento do cartão de crédito é essencial para usá-lo da maneira correta e economizar muito dinheiro em suas compras. Entre em contato conosco pelas redes sociais e comparti-lhe para ajudar seus amigos a manter o controle sobre suas finanças.

Escrever comentário

Shares