Powered by Rock Convert

Confira quais são as diferenças entre os conceitos e o que priorizar em seus investimentos.

Liquidez e rentabilidade são essenciais na hora de investir!

Quando o assunto é investimento surgem diversas dúvidas. A única verdade é que não existem regras absolutas ou aplicações perfeitas, independente do perfil do usuário. É preciso ter uma noção própria de cada investidor para definir o que faz mais sentido para os objetivos de cada um.

A decisão entre liquidez e rentabilidade é de suma importância na hora dos investimentos. Os dois conceitos são bastante importantes para a saúde financeira de qualquer investidor, de qualquer perfil.

É praticamente impossível que um investimento consiga cobrir todas as possibilidades do investidor, sendo um “investimento perfeito”, por isso é preciso definir entre um dos pontos e priorizá-lo na hora de investir.

O que é liquidez?

A liquidez é simplesmente a facilidade com que um ativo (ação, bens de consumo ou título de investimento) que pode ser convertido em dinheiro. Uma duplicata a receber de 60 dias, por exemplo, é considerada de curto prazo, mas não é líquida, já que só será convertida em dinheiro após este período.

Powered by Rock Convert

Um imóvel também entra na lista de ativos com baixa liquidez, já que o tempo para a venda de uma casa ou apartamento pode demorar dias, meses ou anos. O ativo de maior liquidez, obviamente, é próprio dinheiro.

Confira outros ativos como boa liquidez:

  • Dinheiro em conta: O recurso pode ser sacado facilmente e a qualquer momento em um caixa eletrônico;
  • Poupança e CDB (Certificado de Depósito Bancário) com liquidez    diária: Esses ativos oferecem alta possibilidade de conversão em dinheiro, já que os valores podem ser resgatados a qualquer dia;
  • Ações: Dependendo do ativo, tem liquidez alta, por conta da rápida negociação de venda e o recebimento rápido do dinheiro, poucos    dias após a confirmação da transação;
  • Títulos públicos: Esses ativos podem ser vendidos diariamente, por isso tem liquidez média ou alta.

O que é rentabilidade?

A rentabilidade é o cálculo do retorno que um ativo pode oferecer ao investidor. Geralmente os investidores acabam escolhendo aplicações com grande potencial de rendimento, sem considerar a rentabilidade do ativo, ponderando os riscos da operação.

Resumindo, o investidor deve procurar aplicações que tenham uma rentabilidade ajustada, ou seja, que rendam de acordo com os riscos que o ativo oferece.

Qual é a relação entre liquidez e rentabilidade?

Compreender os conceitos é essencial para ter sucesso e também para evitar prejuízos financeiros. Antes de investir é preciso avaliar a liquidez, a rentabilidade e os riscos da aplicação. Como os ativos não oferecem os três conceitos ao mesmo tempo, é preciso estabelecer prioridades na hora de investir.

O ideal para quem está investindo em um ativo para fazer uma reserva de emergência, por exemplo, deve considerar mais a liquidez do que a rentabilidade, por conta da possibilidade de retirar o dinheiro a qualquer momento.

Já no caso de aplicações como a previdência privada, por exemplo, deve-se priorizar a rentabilidade, já que este é um dinheiro investido para ser utilizado em longo prazo, então a liquidez não tem grande importância.

Powered by Rock Convert

Comentários