Não está fácil para ninguém, isso é fato! Mas olha, se você está precisando dar uma “enxugada” geral no seu orçamento, então está no lugar certo! Hoje vamos compartilhar dicas de economia doméstica para você reduzir seus gastos!

Como costumam dizer, o brasileiro sempre tem um jeitinho de resolver as coisas. E bem, neste texto, você vai descobrir vários jeitinhos legais de dar uma boa economizada nos principais gastos em casa. Bora lá?

O que é economia doméstica?

A economia doméstica, como o próprio nome diz, está relacionada às despesas e gastos no ambiente domiciliar e familiar. O conceito surgiu logo após a Revolução Industrial e tem como objetivo garantir que haja um equilíbrio no orçamento doméstico.

A economia doméstica não significa, necessariamente, deixar de usar algum tipo de serviço ou produto, mas sim buscar formas de usufruir tudo que é necessário de forma inteligente.

O principal aqui é ter em mente que todos os gastos domésticos precisam ser feitos de forma consciente, sem dificultar o pagamento de outros tipos de compromissos, combinado? 

Como fazer economia doméstica?

Agora que você já sabe o que significa economia doméstica, chegou a hora de aprender a colocar esse conceito em prática! E olha, nós garantimos, existem diversos aspectos que podem ser repensados na sua rotina em casa.

Quando falamos em economia, às vezes, temos a sensação de que será difícil e árduo. Mas ei, estamos aqui para te mostrar que economizar não precisa ser chato ou trabalhoso

Separamos dicas incrivelmente fáceis para te ajudar a reduzir os gastos em casa!

Como economizar luz

Nos últimos meses, vimos diversas notícias sobre o aumento na tarifa de energia. A conta de luz está cada dia mais alta e nesse cenário economizar deixa de ser uma opção e passa a ser uma necessidade.

Por isso, vamos compartilhar algumas dicas matadoras para você economizar na sua fatura de energia!

Geladeira

O primeiro passo para economizar com a sua geladeira é se certificar que a borracha da porta está funcionando direitinho. Isso porque, a borracha garante que o ar mantenha-se frio no interior da geladeira.

Quando a borracha está solta, a geladeira não consegue manter a temperatura adequada, isso gera maior sobrecarga no eletrodoméstico e, consequentemente, aumenta o consumo de energia.

Outra dica importante é realizar a limpeza na geladeira e retirar os alimentos fora do prazo de validade. Itens estragados significam mais produtos a serem resfriados. Novamente, essa equação é igual a mais consumo de  quilowatts.

E nada de colocar comida quente na geladeira, ein! Quando isso é feito, a geladeira precisa trabalhar mais que o normal para se manter refrigerada, o que acaba gastando mais energia. Portanto, sempre espere a comida esfriar, antes de armazená-la.  

Chuveiro elétrico

Quem aí não gosta de banho quentinho bem demorado, não é mesmo? Porém, se você deseja economizar energia elétrica, é preciso diminuir o tempo embaixo do chuveiro e também a temperatura da água.

O recomendado é que, quando possível, os banhos sejam feitos de forma rápida e com a água, preferencialmente, morna.

Pois é, quem gosta de cantar no chuveiro vai precisar escolher músicas rapidinhas! 

Ar condicionado

Quem vive nas regiões mais quentes do país sabe que ligar o ar-condicionado, muitas vezes, é necessário. Como todo mundo sabe, o consumo de energia deste aparelho é grande, então como economizar?

Aqui vão quatro dicas:

  • Limpe os filtros do ar-condicionado com frequência;
  • Sempre que puder, ative a função timer;
  • Ao ir dormir, tente regular o aparelho para funcionar na função sleep;
  • Quando o ar estiver ligado, mantenha o ambiente fechado. 
Fonte: Unsplash

Economizando água em casa

A fatura da água anda te dando sustos? Temos uma notícia boa para te dar: é possível tomar medidas para diminuir o consumo e também o valor pago no fim do mês. 

Na hora do banho

Já falamos sobre o banho aqui, mas vale reforçar: o tempo embaixo do chuveiro custa caro! Por isso, tente tomar banho mais curtos. Além disso, acostume-se a desligar o chuveiro enquanto se esfrega.

Bom para o meio ambiente, bom para seu bolso. 

Lavando seu veículo

Quem costuma lavar o carro ou moto em casa também precisa ficar atento para não utilizar mais água do que o necessário. Aqui a dica é molhar o veículo, desligar a mangueira, ensaboar e só então enxaguar.

Para se ter uma ideia, uma torneira aberta gasta de 12 a 20 litros de água por minuto. Por isso, nada de deixar a torneira aberta por aí, ok?  

Em ação na cozinha

A cozinha é um dos lugares em que mais há uso da água. Medidas simples podem te ajudar a ter uma economia substancial. 

Se você costuma deixar a mesa posta para servir as refeições, uma boa opção é manter os alimentos nos recipientes em que foram cozidos. Dessa forma, você evita que mais louças sejam sujas, diminuindo assim a quantidade de água utilizada na hora da limpeza.

Outra opção é lembrar de descongelar a carne com antecedência antes de prepará-la. Muitas pessoas costumam descongelar os alimentos utilizando água corrente, o que não é bom para economizar, não é mesmo?

Como gastar menos no mercado

A hora de realizar as compras do mês também merece atenção se você deseja aplicar a economia doméstica na sua rotina. Coloque em prática as ações abaixo e você verá uma boa redução nos seus gastos!

Crie uma lista

Tudo começa com uma boa lista! Ir ao mercado sem planejar o que vai comprar pode ser um erro fatal para o seu bolso. Por isso, coloque na ponta da caneta (ou no bloco de notas do seu celular) tudo  o que precisa e procure não fugir do que for determinado.

Atenção ao cardápio

Realizar alterações no seu cardápio também é uma boa pedida para a economia! Tente inserir frutas, verduras e legumes da estação em seu cardápio semanal. Se puder, troque o mercado por feiras. 

E não se esqueça: planejar as refeições que serão preparadas durante a semana também auxilia na hora da compra. Assim, você compra só o que de fato é necessário, sem gastos desnecessários.

Truques do supermercado

O supermercado está cheio de truques que contribuem para que você gaste mais, sabia? Alguns dos mais comuns são:

  • Carrinhos em tamanho grande ajudam você a gastar mais, pois parecem não estarem cheios o bastante.
  • De tempos em tempos alguns produtos mudam de lugar propositalmente. Isso acontece para que você anda mais pelo mercado enquanto procura.
  • Os alimentos básicos (como feijão e açúcar) são colocados sempre longe da entrada do mercado. Dessa forma, você precisa circular mais pelos corredores.
  • Já viu um relógio dentro do mercado? Pois é, essa estratégia é justamente para você perder a noção do tempo enquanto compra!
Fonte: Unsplash

Dicas para economizar gás

O gás, seja ele natural ou GLP, também pode gerar despesas excessivas mensalmente. Para aprender a reduzir o consumo, e consequentemente economizar, confira nossas dicas:

Ao cozinhar alimentos

Ao cozinhar lembre-se de manter as panelas tampadas. Isso diminui o tempo de cocção e reduz o consumo de gás. Além disso, quando possível, opte por utilizar a panela de pressão, que costuma reduzir o tempo de preparo de boa parte dos alimentos.

Utilizando o forno

Colocou uma refeição para assar no forno? Evite ficar abrindo a porta para ver como o alimento está. Ao abrir o forno, o calor acaba saindo, fazendo com que o forno precise de mais gás para voltar a temperatura ideal.

Outra dica boa para economizar gás é assar mais de um alimento na mesma fornada. Essa tática faz com que você utilize seu forno de forma mais inteligente e eficaz!

Gás encanado merece atenção

Manutenção é regra aqui! Isso vale tanto para os eletrodomésticos, como chuveiro e aquecedor, que devem estar funcionando perfeitamente. Quanto para a tubulação de gás que precisa ser checada uma vez ao ano, a fim de evitar vazamento e obstruções. 

Economia doméstica e seus impactos

Com todas essas dicas já deu para ver que fazer economia em casa não precisa ser uma tarefa super difícil, não é mesmo? Com pequenas mudanças e com adoção de novos hábitos, fica fácil reduzir despesas domésticas.

Bora colocar em prática as dicas que separamos para você? Assim você já sente os impactos e pode economizar uma graninha para outras coisas, como pagar contas em atraso ou fazer uma reserva de emergência.

___________________________________________________

Este conteúdo foi desenvolvido pela QuiteJá em parceria com a Juros Baixos. Para ter mais informações sobre negociação de dívidas acompanhe nosso blog e nosso Instagram

Comentários