Se você acaba se atrapalhando um pouco com suas contas mensais, resultando em esquecimento e pagamento constante de multas e juros, o débito automático pode ser uma alternativa a ser considerada.

Pela praticidade e pela comodidade que oferece muitas pessoas acabam aderindo a este meio de pagamento.

O débito automático facilita a sua vida se você possui uma rotina agitada e não quer perder muito tempo indo a lotéricas ou a outros estabelecimentos para realizar o pagamento de contas.

Você não precisa mais se preocupar em pagar manualmente cada uma delas, basta cadastrá-las em sua conta corrente e, obviamente com saldo positivo superior ao valor a ser debitado, suas contas estarão quitadas na data programada. Parece um sonho não é? Mas apesar das inúmeras vantagens que apresenta é preciso que você esteja atento a alguns pequenos detalhes ao cadastrar suas finanças em débito automático.

Como posso cadastrar minhas contas em débito automático?

Antes de mais nada é preciso que você saiba como cadastrar suas contas em débito automático para usufruir dos seus benefícios. Para cadastrar uma conta você precisa comunicar-se com o banco e com o seu credor.

De modo simplificado você pode acessar a sua conta pelo computador e fazer a busca digitando “cadastrar débito automático” e a partir daí seguir as instruções em tela.

Agora que você já sabe como cadastrar o serviço de débito automático, fique atento a algumas coisas ao adotar esse método de pagamento.

Cuidados com o pagamento direto em conta

Não ter que enfrentar longas filas para efetuar o pagamento de todas as suas contas já deveria ser motivo mais que suficiente para que você cadastre tudo em débito automático hoje mesmo, mas apesar de aparentemente apresentar mais benefícios do que desvantagens é preciso que você fique atento.

Tenha saldo em conta: essa pode parecer para você a dica mais descabida possível. “Obviamente eu preciso ter saldo em conta para efetuar pagamento”, você deve estar dizendo. Mas é importante que você esteja atento ao seu saldo quando contrata o débito automático.

O indicado é que você deixe alguns dias de tolerância entre o dia do seu pagamento e o dia do débito….

Por exemplo: se você costumeiramente recebe no dia 3 de cada mês não cadastre débitos automáticos neste dia. É preferível que você coloque dia 7 ou 8.

É possível que em algum momento o seu pagamento não seja depositado no dia três e com isso você terá tempo para pagar sem acréscimo de juros ou multas.

Se você debitar uma conta e não houver saldo positivo no dia programado para o débito automático o banco automaticamente pode acionar o cheque especial para efetuar o seu pagamento.

O cheque especial apresenta um dos juros mais altos atualmente. Segundo o Banco Central a taxa caiu em junho em relação ao mês de maio, mas ainda beira os 300%, dessa forma é importante que você tenha saldo quando suas contas forem debitadas.

Normalmente os boletos cadastrados são aqueles de contas contínuas, aquelas que são entregues regularmente em sua casa.

Uma dica de ouro em relação ao débito automático é não cadastrar contas com valores muito variáveis como por exemplo a fatura do cartão de crédito.

É possível que você perca o controle sobre seus débitos. Se você extrapolar no cartão em um determinado mês e este valor for debitado da sua conta diretamente pode acabar comprometendo o pagamento de outra pendência também em débito automático. Cadastre apenas contas com valores praticamente fixos.

Contas com valores flexíveis é preferível pagar manualmente, para evitar dores de cabeça.

Não seja descuidado

Não seja descuidado principalmente com sua conta e com seu extrato bancário. Algumas instituições permitem que você imprima até dois extratos durante o mês, mas acompanhar as movimentações de sua conta pelo app do seu banco não tem custo algum.

Quando habilitamos o débito automático pensamos que nossos problemas acabaram e não precisamos mais nos preocuparmos com nada referente ao pagamento de contas. Mas você não deve fazer isso.

Somente com o monitoramento permanente você poderá verificar se não estão ocorrendo cobranças indevidas e principalmente se as contas estão sendo debitadas no período correto.

Antes de contratar essa função de pagamento direto em conta pergunte ao seu gerente sobre possíveis tributos pela utilização do serviço. Por via de regra é sempre bom perguntar, mas costumeiramente os bancos não cobram pela funcionalidade.

Cuidado com cancelamentos

Se você eventualmente cancelar alguma prestação de serviço de pagamento contínuo cadastrado em débito automático, não se esqueça de realizar o descadastramento dessa pendência junto ao seu banco.

Realizar o descadastramento evita que você receba posteriormente cobranças de serviços não mais contratados. É importante que o seu banco saiba do cancelamento.

Não cancele a sua conta bancária sem prévio aviso

Da mesma forma que ao cancelar um determinado serviço o seu banco deve ser comunicado para evitar cobranças indevidas futuramente, ao cancelar a sua conta bancária o prestador de serviço deve ser comunicado para que não emita uma cobrança em seu nome e o não pagamento acabe acarretando juros para você.

Sempre que cancelar algo (sua conta ou serviço contratado) avise imediatamente a outra parte.

A utilização de débito automático deve estar atrelada a um monitoramento constante da sua conta bancária

Você não pode ser forçado ao débito automático

Nenhum fornecedor de serviço ou instituição financeira podem forçar o cliente ao débito automático. Pode acontecer de, para evitar possíveis atrasos no pagamento, alguns fornecedores ofertem apenas o pagamento por débito automático, mas essa não deve ser uma escolha dele. Essa deve ser uma decisão totalmente sua.

Você tem total direito de escolher como deseja pagar uma determinada pendência. O débito automático pode acabar facilitando e muito a sua vida caso você tenha dificuldade em administrar todas as contas e não suporte filas em bancos, mas se você prefere ainda pagar as suas contas manualmente não deve ser coagido do contrário.

Mas afinal, vale a pena utilizar o débito automático?

Se o seu banco não cobra taxas pelo serviço e você não gosta de encarar longas filas vale a pena investir no pagamento por débito automático. A principal dica nesse caso, ao utilizar o serviço é que você constantemente verifique o seu extrato, acompanhado o saldo, as datas de débito e os valores.

Comentários