Powered by Rock Convert

Esse vídeo aqui está sendo gravado no dia 17 de março e de um mês pra cá, a bolsa conseguiu cair 38%.

Diante disso, é claro, as pessoas me perguntam: e aí, vendo o que eu tenho? ou aproveito essa queda bizarra pra comprar – ou mesmo para começar a investir?

Nesse post aqui, vou mostrar minha visão enquanto economista, embasado não apenas na minha formação, mas também nas informações de analistas e investidores.

Vamos lá.

Sumário

  • a definição do problema que enfrentaremos
  • quais setores perdem
  • quais setores ganham
  • prazo estimado da crise
  • cenário positivo
  • cenário negativo
  • o principal cuidado que você tem que ter antes de investir
  • quem pode te ajudar a investir

A definição do problema

A maior preocupação da sociedade, neste momento, é salvar vidas.

Para isso, os infectados com sintomas graves terão que receber os cuidados médicos adequados para se recuperar.

Só que para isso, o sistema de saúde tem que ter leitos e médicos saudáveis disponíveis para atendê-los.

E é justamente por esse motivo que estamos tomando medidas de isolamento social, como as quarentenas: para que não haja um surto repentino de doentes graves, mas para que os casos fiquem mais distribuídos ao longo do tempo.

Quais setores perdem

Só que, é claro, o isolamento social tem um efeito colateral terrível na economia: se as pessoas não saem para se encontrar e consumir, diversas empresas não terão receita. 

Essas empresas são especialmente as de comércio físico, serviços, transportes e turismo.

Quais setores podem ganhar

Já as empresas que entregam seus produtos normalmente na casa do consumidor, como ecommerce, produtos digitais, ou as grandes empresas de tecnologia, poderão não ser afetadas ou até mesmo aumentar seus lucros.

Prazo estimado da crise

Além disso, o que se espera é que a pandemia dure cerca de 4 meses, de modo que em julho já se deve enxergar alguma recuperação.

Atualização: segundo observações mais recentes (20/03), o número de casos só deve começar a diminuir em agosto.

Powered by Rock Convert

Previsão de Cenários

Quem conseguir sobreviver a essa crise vai subir rápido, porque outros competidores terão eventualmente ido à falência.

Além disso, não está havendo destruição de capital físico, como aconteceria numa guerra ou catástrofe natural.

Esse é o cenário positivo de recuperação, que é o que eu acredito.

No cenário negativo, muitas empresas quebram, trabalhadores perdem o emprego, consomem ainda menos, e aprofundam esse ciclo de recessão. 

Esses trabalhadores e empresas não conseguirão portanto pagar suas dívidas, o balanço dos bancos irá se deteriorar, o crédito vai encolher, convulsões sociais podem paralisar as atividades produtivas e o mundo entra numa grave recessão.

Esse seria um cenário negativo, mas lembro também que o sistema financeiro, especialmente o brasileiro, está mais robusto do que na crise de 2008.

Assim, segue aqui a minha visão:

As empresas listadas na bolsa terão queda nos seus lucros, mas conseguirão rapidamente se recuperar. Parece ser interessante comprar agora, mas o mercado passará ainda por uma volatilidade absurda.

Além do corona, outros problemas estarão no radar: tanto no cenário doméstico, com os problemas políticos travando reformas, quanto no cenário internacional, com a guerra de preços do petróleo.

O principal cuidado que você tem que ver antes de investir

Os novos investidores devem ter bastante cuidado e nunca colocar o carro na frente dos bois: Ações são bons investimentos para construir patrimônio de LONGO PRAZO. Especular no curto prazo é perigosíssimo.

E especialmente nesses momentos, é necessário ter uma boa reserva para emergências antes de aplicar em ações. Do contrário, você pode precisar do dinheiro e ter que vender suas ações em momento de queda.

Quem pode te ajudar a investir?

E por fim, para saber onde investir, a boa é você comprar relatórios de casas de análise de investimentos, como suno research, empiricus, nord, eleven, entre outras, e contratar o auxílio especializado de assessores de investimento ou planejadores financeiros.

E você, qual a sua visão?

Powered by Rock Convert
Author

Economista pela FGV-RJ e assessor de investimentos (CPA-20). Apaixonado por educação financeira e microfinanças, é cofundador do jurosbaixos.com.br, site de comparação de crédito e portal de educação financeira. Em seu canal do youtube, explica o básico de finanças para leigos (youtube.com/jurosbaixos).

Shares