Comprar um imóvel é o sonho e objetivo de vida de muitas pessoas. Porém, é importante lembrar que a compra de uma casa ou apartamento demanda um bom planejamento financeiro, especialmente se você for financiar o imóvel.

Para ajudar você nessa tarefa de organização financeira, nós trouxemos algumas dicas para mudança de hábitos e economia para você que deseja financiar o seu imóvel dos sonhos!

Entenda sua saúde financeira

Entender a sua saúde financeira é o primeiro passo para se organizar para fazer um financiamento. Isso pode ser feito de diversas maneiras, como listas, planilhas ou até mesmo aplicativos desenvolvidos para este fim.

O ideal é pensar em todos os gastos fixos e variáveis, como aluguel, energia, água, gás, alimentação, mensalidade da escola ou faculdade dos filhos, entre outros. A partir desse processo você já estará muito mais inteirado da sua situação financeira.

Defina seus objetivos

Na hora de decidir financiar um imóvel, é muito importante também definir as suas prioridades. Se adquirir uma casa ou apartamento próprios faz parte de um sonho, definir a compra como um objetivo vai ajudar você a realizá-lo.

Isso porque, dessa forma, você estará mais determinado a cortar gastos, poupar uma quantia todos os meses e se organizar da melhor forma para realizar o objetivo definido.

Corte gastos supérfluos

Para fazer um financiamento de imóvel, é ideal que você corte gastos supérfluos. Se você já deu o primeiro passo e entendeu como está a sua saúde financeira, já deve saber onde pode economizar no seu dia-a-dia.

De modo geral, você pode tentar cortar alguns gastos de mercado, escolhendo marcas mais baratas ou comprando produtos em promoção, por exemplo. Também pode diminuir pedidos feitos por delivery ou serviços de streaming. 

Planeje o valor da entrada e junte o dinheiro

Se você deseja financiar um imóvel, é bom saber que a maioria dos bancos não financia 100% do valor do imóvel. Por isso, é necessário dar um valor como entrada e parcelar o restante com o financiamento.

No entanto, nem todas as pessoas possuem o valor da entrada, que costuma ser entre 10% a 30% do valor do imóvel e não deve ultrapassar 30% da renda familiar. Nesses casos, é possível utilizar o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). Para isso, você vai precisar atender algumas condições:

  • Ter trabalhado no mínimo três anos com carteira assinada;
  • Não ter usado o FGTS nos últimos 2 anos;
  • O imóvel ter sido avaliado em até R$1,5 milhão.

Conheça as condições de financiamento

Use o planejamento financeiro a seu favor e estude todas as condições do financiamento. É sempre bom contar com instituições sérias como a nossa , para poder tirar todas as suas dúvidas.

Para isso, uma das melhores opções é simular o financiamento antes de tomar qualquer decisão. Clique aqui para aprender como utilizar o nosso simulador de financiamento imobiliário.

Conte conosco! Aproveite para fazer uma simulação sem compromisso para tirar suas dúvidas e visualizar os valores do seu financiamento! Clique aqui para simular.

Aproveite para ler outros artigos com dicas sobre financiamento de imóveis:

Comentários