Powered by Rock Convert

Hoje vou te ensinar a fazer uma conta corrente gratuita. É isso mesmo: sem mensalidades. Use cheques ou transferências TED/DOC e não gaste nada com isso. E não precisa recorrer a nenhuma artimanha: esse é um direito seu, garantido por leis que existem desde 2011 (mas que pouca gente comenta). Por isso, espalhe essa mensagem o máximo possível!

Obviamente essas contas gratuitas têm limitações, e cabe a você julgar se é mais conveniente contratar um pacote de serviços ou ficar com o pacote gratuito.

Em resumo, existem dois tipos de pacotes gratuitos de serviços: o pacote de serviços essenciais e as contas digitais gratuitas. Confira a seguir como parar de dar dinheiro à toa pra banco.

#1: Pacote de Serviços Essenciais

Segundo a Resolução 3.919/2010 do Banco Central, todo banco tem a obrigação de oferecer um pacote de serviços essenciais, que conta com os seguintes serviços gratuitos, por mês:

  • cartão de débito;
  • 4 saques;
  • 2 transferências entre contas no próprio banco;
  • 2 extratos;
  • 10 folhas de cheque.

Além disso, as consultas pela internet são ilimitadas e você tem direito a um cartão de débito. Transferências para outros bancos são cobradas à parte.

Se você exceder esses limites, serão cobradas tarifas avulsas. Veja alguns exemplos:

(Em R$) Caixa BB Bradesco Itau Banrisul Santander Original
Saque em Caixa Eletrônico 1,95 2,20 2,00 2,00 1,70 2,30 1,70
Transferência para outro banco (TED/DOC)* 7,85 8,45 8,80 9,00 7,00 8,80 6,90
Transferência para conta no mesmo banco* 0,95 1,15 1,00 1,00 0,90 1,10 0,70
Folha de Cheque 1,40 1,35 1,40 1,50 1,50 1,60 1,30

*Caso feita por meios eletrônicos, como caixa eletrônico e internet.

Dica Importante: ao migrar a sua conta para o pacote de serviços essenciais, aumente os limites de pagamento de contas e transferências. Caso contrário, você precisará ir na agência na hora de pagar uma conta maior.

  • » Tarifas pelo uso de canais pessoais

    Caso você faça uma conta com pacote de serviços essenciais e venha a usar algum canal pessoal (caixa ou telefone, por exemplo), aí vão alguns exemplos de tarifas:

    Via canais pessoais (em R$) BB Bradesco Itau
    Saque 2,40 2,35 2,40
    Transferência para outro banco (TED/DOC) 17,00 16,30 16,50
    Transferência para conta no mesmo banco 1,30 1,25 1,25
    Folha de Cheque 1,45 1,40 1,50

    Ou seja, a regra é: se usar qualquer coisa que seja pessoal, você será cobrado (isso inclui telefone).

Se quiser conferir a relação de serviços na íntegra, acesse o site do banco central clicando aqui.

#2: Conta Digital Gratuita

Essa é a minha preferida. É a que eu uso nas minhas contas, e creio que seja bastante vantajosa para grande parte da população. Pra minha realidade faz todo o sentido, já que eu faço transferências e pago contas sempre pela internet ou celular. Se tem uma coisa que odeio é ter que ir em agência de banco (e quem é que gosta??).

Segundo notícia do Banco Central, de fevereiro de 2011:

Por meio dessa conta, o cliente ficará isento da cobrança de tarifas caso seja movimentada exclusivamente por esses canais eletrônicos, como internet, caixas eletrônicos e celular. Essa faculdade integra o rol de medidas que visam promover a inclusão financeira em todos os níveis. Cabe aos  bancos decidir se oferecerão aos seus clientes este tipo de movimentação. Admite-se a cobrança de tarifa de cadastro para início de relacionamento apenas para novos clientes.

No caso de uso dos meios não eletrônicos (guichê de caixa, correspondente no País ou atendimento telefônico com auxílio de telefonista) o cliente não fará jus à isenção das tarifas previstas na regulamentação, podendo ser cobradas nesse caso as tarifas constantes da tabela anexa à Resolução 3.919/10. Se os meios eletrônicos não estiverem disponíveis, o acesso aos canais de atendimento não eletrônicos não pode ser objeto de tarifa.

Fonte: Banco Central

Banco Inter

Atualmente, o único banco que oferece uma conta digital gratuita nesses moldes é o Banco Inter. Não existem agências físicas, tudo é feito pelo aplicativo do celular ou computador.

Nela você tem:

  • cartão de débito;
  • saques ilimitados pela rede banco24horas;
  • transferências ilimitadas (inclusive para outros bancos, como as TEDs).

Você pode receber dinheiro nessa conta por meio de

  • transferências vindas de outros bancos (óbvio);
  • pela compensação de cheques (tirando foto pelo celular!);
  • gerando boletos (isso mesmo, você pode gerar um boleto pelo celular e pagar em qualquer lugar).

Aliás, gerar boleto é a melhor coisa que tem para transferir dinheiro de outros bancos sem pagar nada!

Conselho de amigo (e economista): faz essa conta logo, não dói e é de graça.

E a NuConta do Nubank?

Se você já ouviu falar dela, faça, é ótima, recomendo muito!! Ela também é gratuita e promete ser um avanço incrível no mundo das finanças!

Por enquanto ela ainda é apenas uma conta de pagamentos (o que é algo um pouco mais restrito do que uma conta corrente), tá na fase de testes e tá sendo liberada aos poucos para os usuários do cartão de crédito Nubank. Ela é bem legal, você também controla tudo pelo aplicativo, consegue pagar boletos, fazer transferências, e o melhor:

Ela rende igual ao Tesouro SELIC, ou seja, mais que a poupança!

Ela tá evoluindo bem, e com certeza vai ser um sucesso, mas ainda não é uma conta corrente completa. Assim, recomendo que você tenha algo a mais do que só a NuConta (ao menos por enquanto).

E os outros serviços, como ficam?

Antigamente tudo dependia do banco em que você tinha conta: cartão de crédito, empréstimos, investimentos. Você ficava preso. Hoje em dia tudo mudou, e isso é ótimo para o seu bolso. Dá uma olhada:

Cartão de Crédito numa conta gratuita

Nada impede de você ter uma conta corrente num banco e um cartão de crédito em um lugar totalmente diferente!  As duas opções mais famosas de cartões sem anuidade (ou seja, gratuitos) são o Nubank e o Banco Inter.

Nubank: É o mais famoso e desejado que tem. O cartão roxinho tem um aplicativo excelente que te ajuda a registrar seus gastos, controlar seu limite, te avisar a cada compra, e se você tem alguma dúvida, tudo é resolvido bem rápido pelo chat deles. O atendimento é incrível. Além disso, eles tão vindo aí com a tal NuConta, que ainda está em fase de testes, mas já promete ser uma conta corrente sensacional. O ponto negativo é que ele é tão desejado que você pode ficar um tempinho na fila de espera.

Inter: O legal de ter um cartão pelo Banco Inter é que, se você já tem uma conta digital gratuita lá, já fica tudo integrado no mesmo lugar. Mais uma vez, tudo é resolvido pelo aplicativo.

Nossa dica: faz o Nubank. Não custa nada e a experiência é excelente. O Inter também é uma boa pedida, e se quiser, pode até fazer os dois (e guarde um deles no armário, é claro, pra não sair fazendo compra adoidado).

Todos os cartões de crédito, obviamente, dependem da análise do seu risco de crédito, e nada garante que você vá ser aprovado.

Você confere mais informações em nossa página sobre cartões de crédito.

Cheque numa conta gratuita

O pacote de serviços essenciais dá direito a cheques. Porém, isso não quer dizer que o banco é obrigado a te conceder cheques. Isso depende da análise de crédito do banco.

Essa análise de crédito é influenciada pelo fato de você ter uma conta de serviços essenciais? Em princípio, não, mas na prática, sinceramente, eu não sei.

A conta digital gratuita, no entanto, não oferece talão de cheques incluído no pacote.

Caso sua conta seja no Banco do Brasil, você pode alterar o pacote de serviços essenciais também, nós mostramos aqui.

Empréstimos com uma conta gratuita

Assim como o cartão de crédito, o empréstimo é um produto financeiro a parte, e há diversas alternativas aos bancos tradicionais! Muitas delas são online e mais baratas! Em nosso comparador de empréstimos você pode encontrar diversas:

Clique aqui e compare empréstimos nos bancos! (é gratuito)

Investimentos com uma conta gratuita

Não tem coisa melhor do que abrir uma conta numa corretora independente! É muito mais barato e é essencial ter uma conta digital gratuita pra investir bem: assim, na hora de transferir dinheiro para a sua corretora de valores, você não vai perder dinheiro com taxas.

Não manja nada de investimentos? Então parou no lugar certo! Em nosso canal do youtube a gente preparou uma série de vídeos sobre investimentos, perfeito pra quem quer começa a investir!

Clique aqui e veja nossa série de investimentos!

Resumo: Como não pagar taxa de banco

Escolha uma conta digital gratuita se você faz tudo pela internet ou caixa eletrônico: cartão de débito, saques e transferências TED e DOC são ilimitadas! Porém, tenha em mente que não existe serviço presencial para esse tipo de conta (e quando existe, é cobrado à parte). Além disso, poucos bancos tem esse tipo de conta (atualmente só conhecemos o banco Inter).

Escolha o pacote de serviços essenciais se você quer usar até 10 cheques por mês, mas faz até 4 saques e poucas transferências: TEDs e DOCs são cobrados separadamente (cerca de R$ 9 na maioria dos bancos).

Ainda, nada impede que você tenha uma conta de serviços essenciais num banco e tenha uma conta digital em outro.

Exemplo real: Uma amiga tem uma conta de serviços essenciais no Banco do Brasil, que ela usa para receber uma bolsa de pesquisa, e tem uma conta digital no Banco Inter, para usar no dia a dia.

Todo mês ela transfere do BB pro Inter por meio da emissão de boleto, e não paga nada por isso. Simples:

  1. Ela gera um boleto no valor que ela quer no aplicativo do Banco Inter (gerar boleto no inter é de graça)
  2. Paga o boleto no aplicativo do Banco do Brasil (pagar boleto é de graça)
  3. Pronto, o dinheiro cai na conta do Inter e ela usa normalmente, de boas.

Assim ela não paga nada de tarifa nem no BB nem no Inter, e faz tudo pelo celular e cartão de débito.

Onde ter mais informações?

Uma boa fonte de informações é o Sistema de Divulgação de Tarifas da Febraban (clique aqui para acessar).

Além disso, todo banco deve disponibilizar suas tabelas de tarifas. Algumas estão aí nos links abaixo:

Para ver as regras do Banco Central sobre o Pacote de Serviços Essenciais, clique aqui.

Conclusão

Em geral, você encontrará grande resistência dos gerentes para mudar para uma conta mais barata. Não só resistência como também desinformação sobre esses tipos de contas. Logo, vá ao banco com muita paciência e muita convicção! Não deixe que o gerente te enrole querendo mudar de cesta de serviços, oferecendo cheque especial ou te oferecendo um plano de capitalização milagroso que te sorteará milhões de reais.

E espalhe a notícia! Tem mutia gente por aí precisando saber mais sobre isso, não acha?

Curtiu a dica? Fique ligado que tem muito mais! Curta nossa página no facebook e receba as atualizações:

Clica aqui e segue a gente no facebook!

Um abraço!

PS.: As contas digitais gratuitas dos grandes bancos, como Itaú, Banco do Banco do Brasil e Bradesco foram desativadas em 2017. A partir de então, esses bancos começaram a cobrar por essas contas digitais. Quem já tinha alguma conta desse tipo antes da mudança, continua com elas normalmente (eu por exemplo tenho a iConta do Itaú até hoje).
Na época nós fomos nas agências para migrar contas de uma galera aqui da empresa e registramos como foi a experiência:
  • Banco do Brasil (Conta Eletrônica)

    No Banco do Brasil, infelizmente, qualquer alteração no tipo de conta tem que ser feito na agência. Boa sorte com a fila: tire uma manhã para resolver isso. No nosso caso não houve problema com o gerente, que prontamente passou a papelada para ser assinada. Não esqueça de levar Comprovante de Residência e RG!

  • Bradesco (Digiconta)

    No Bradesco também não há no site a opção de migrar a conta para Digiconta ou para o Pacote de Serviços Básicos (apesar de poder fazer um “upgrade” para a Cesta Exclusive). A solução, mais uma vez, tem de passar pela agência. O gerente não tinha ideia do que era “pacote de serviços eletrônicos”, mas entendeu quando falei “digiconta”. Após ele sair da mesa e rodar pela agência, depois de uns 10 minutos, voltou com papelada semelhante ao do Banco do Brasil. Lá eles pedem comprovante de residência, RG e comprovante de renda, mas você pode ignorar esse último se não estiver afim de produtos de crédito.

  • Itaú (iConta)

    No Itaú, a conta também só pode ser mudada pela agência de origem. Uma rápida pesquisa no Google revela vários relatos de insatisfação de clientes quanto à má vontade e/ou falta de informação dos funcionário da agência para fazer essa migração. Paciência e foco: não deixe o gerente te enrolar oferecendo o tal do PIC!

  • Caixa (só pacote de serviços essenciais)

    A Caixa não possui conta eletrônica. Para aderir ao pacote de serviços essenciais, você deve ir até o Internet Banking > Minha Conta > Cesta de Serviços > Selecione a Cesta e clique em “Cancelar Cesta”.

Mais de uma conta corrente?

Não há nenhuma lei ou regra estipulada pelo governo ou pelos bancos que impeça um correntista de abrir uma segunda conta corrente, mesmo se ela for feita em um banco diferente da primeira. Sendo assim, é possível que qualquer cidadão correntista abra uma segunda conta, somando duas contas correntes em seu nome.

Também é interessante concentrar valores poupados em uma só conta. Isso porque, caso eles sejam necessários, será mais fácil obter os montantes – especialmente em uma emergência.

A poupança maior em um único cadastro ainda melhora o rendimento dos valores, seja ele feito na poupança ou em uma aplicação como o CDB (Rendimento do Certificado de Depósito Bancário).

Benefícios em dobro

Ter duas contas correntes significa ter os benefícios em dobro. São dois cartões diferentes, dois pacotes com serviços para cada conta, dois talões de cheque e duas opções de linhas de crédito. Ou seja, o maior benefício em ter uma segunda conta corrente é ter mais uma opção de crédito para você utilizar quando e como quiser.

Caso você faça empréstimos ou utilize diversas linhas de crédito constantemente, abrir uma segunda conta corrente poderá te beneficiar. Isso porque com uma conta a mais você terá mais opções de crédito caso precise de um empréstimo. Esse tipo de benefício pode ser usado como um fundo de emergência, mas sem precisar de aprovação do banco, pois você já tem a conta aberta.

Para quem possui muitas fontes de renda e contas em débito automático, ter mais de uma conta corrente poderá ter um ótimo benefício que seria a organização. Quando uma pessoa utiliza o serviço de débito automático na conta nem sempre está preparada para ver seu dinheiro indo embora nas despesas. Contudo, ter mais de uma conta e dividir a renda entre as duas é de certa forma uma garantia de não ficar sem dinheiro algum no fim do mês.

Problemas

Embora ter mais de uma conta corrente seja benéfico para algumas pessoas, outras que não possuem tanto controle financeiro podem acabar criando problemas ao adquirir mais uma linha de crédito. Isso porque além dos benefícios em dobro, duas contas também significam ter problemas em dobro. Com duas contas, você terá que pagar duas taxas de administração por mês, duas anuidades, além de serviços extras que são descontados na conta corrente.

O maior problema é para as pessoas que abusam dos empréstimos, pois com mais uma opção de linha de crédito, as chances de um endividamento também são em dobro. Nesse caso, o descontrole financeiro é a causa de tudo. Mas se ainda assim você deseja abrir mais de uma conta corrente, ter um planejamento financeiro será a sua melhor opção.

Powered by Rock Convert
Author

Economista pela FGV-RJ e assessor de investimentos (CPA-20). Apaixonado por educação financeira e microfinanças, é cofundador do jurosbaixos.com.br, site de comparação de crédito e portal de educação financeira. Em seu canal do youtube, explica o básico de finanças para leigos (youtube.com/jurosbaixos).

Escrever comentário

Shares