Powered by Rock Convert

Uma dívida não paga, além de ser inclusa nos Órgãos de Proteção ao Crédito, podem ser protestadas em cartório. E enquanto o devedor não pagar pelo débito, seus dados continuarão protestados.

Você suspeita que alguma empresa lhe protestou? Aqui vamos te ensinar como descobrir isso gratuitamente.

Consulte gratuitamente a situação do seu CPF e veja se ele foi protestado.

Consulta em cartório

Para saber se seu nome foi protestado, você pode comparecer a um Cartório de Protestos. Munido com o seu RG e CPF, você pede a pesquisa.

O cartório lhe fornecerá um documento que indicará se há ou não alguma indicação de protesto em seu CPF.

Consulta em Órgãos de Proteção ao Crédito

O protesto em cartório também pode ser consultado nos cadastros dos Órgãos de Proteção ao Crédito. Tanto a Serasa como o SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) apontam se há protesto no CPF.

Para consultar grátis, compareça a um dos postos de atendimento das entidades. No site de cada uma delas, há uma relação dos pontos de atendimento presencial.

Leve o seu RG e CPF e peça a consulta. No relatório fornecido pelos Órgãos, você consegue saber se seu nome foi levado a protesto por algum credor.

Sites para consultas gratuitas

Alguns sites permitem que você consulte online o seu CPF. Assim, eles mostram se tem algum protesto em seu nome.

Mas atenção, procure averiguar a idoneidade do site antes de digitar os seus dados nele.

Como limpar protesto em cartório

Não há outra forma de limpar o protesto em cartório a não ser pagando a dívida.

Powered by Rock Convert

Levante a situação do seu nome e CPF nos registros da Serasa, SPC e CCF (Cadastro de emitentes de Cheques sem Fundo). Tome nota dos valores das dívidas e dos contatos dos credores.

Procure os credores para pagar o débito em aberto. Se não tiver condição de quitar as dívidas à vista, tente uma negociação – a maioria dos credores costumam aceitar o parcelamento do pagamento da dívida.

Assim que você pagar as dívidas ou a primeira parcela da negociação, o seu nome deixa os cadastros da Serasa e do SPC em até 7 dias úteis.

Porém, se o credor também protestou o seu nome e CPF, você deve pedir uma declaração que comprove o pagamento da dívida. As empresas costumam fornecer um papel timbrado que infirma a quitação do débito.

Com esse documento, comprovante de pagamento e documentos pessoais, você deve ir, então, até um Cartório de Protestos. No local, você apresenta toda essa documentação.

O Cartório dará baixa no seu nome, que voltará a ficar limpo!

Atenção! Diferentemente da Serasa e do SPC, o protesto em cartório não é cancelado em 5 anos. Seus dados permanecem protestados até que você dê a baixa.

Dicas para não se endividar

Agora que você sabe como consultar um protesto em cartório de graça, confira algumas dicas para não se endividar de novo:

– Atenção ao cartão de crédito: só use se a compra realmente precisar ser parcelada.

– Não pague nunca o valor mínimo da fatura do seu cartão de crédito, Pague sempre a quantia total referente ao mês. Pagar o mínimo incide em juros altos para os próximos meses.

– Não pegue empréstimos pessoais para gastar o crédito com supérfluos. Só pegue dinheiro se extremamente necessário.

– Anote no canhoto do talão de cheque o valor do pagamento, dados do credor e dia da compensação.

Siga as nossas sugestões e evite transtornos!

Powered by Rock Convert

Escrever comentário