Na atual situação econômica que todos se encontram, será que é uma boa ideia abrir um comércio? 

Quando se tem um bom planejamento por trás, projetos assim só podem dar certo. Alguns desafios podem ser superados com criatividade – algo que todo o brasileiro tem de sobra. Por exemplo, se a ideia é abrir uma loja de decoração, nada mais lógico do que usar truques de decoração para que tudo saia de forma mais econômica.

O texto a seguir traz algumas ideias bem simples de como montar ou reformar uma loja de decoração de um jeito simples. A ideia é impactar o mínimo possível o seu bolso, mas impactar grandiosamente e positivamente os seus futuros clientes. Confira.

Thiago Fuschini Bicas https://www.vivadecora.com.br/foto/181740/loja

Brincar com a volumetria de nichos e prateleiras

Como você pensa que deveria começar o projeto de decoração de uma loja? Pelo piso e paredes? Não. Pense, primeiro, nas estantes, prateleiras, nichos, balcões e mesas de exposições. 

O design desses móveis deve ser o ponto de partida da composição desse grande ambiente, dando movimento ao cenário através de mudanças de níveis e recortes em sua marcenaria.

Gabriela de Camargo Lima https://www.vivadecora.com.br/foto/5869/moveis-planejados-amadeirados-e-parede-de-vidro

Estas peças, por si só, podem preencher todos os recantos. E é comum que, depois disso, se perceba que existe pouca ou até mesmo nenhuma necessidade de se investir em pano de fundo – como pinturas especiais e coberturas de papel de parede. 

Isso, por si só, já representa uma grande economia de gastos. Ao brincar com as alturas e profundidade desses volumes ainda é possível:

  • Criar ilhas de interesse; 
  • Dividir ou unir setores de exposição;
  • Destacar pé-direito, fazendo as pessoas olharem para cima, para mais produtos;
  • E guiar circulações, guiando os consumidores preferencialmente para o caixa e induzindo a compra.

Explorar as próprias cores e texturas dos objetos à venda

O mais indicado para o mobiliário de uma loja é que as unidades de marcenaria sejam neutras. E por quê? 

Primeiro porque, assim, custam menos para serem fabricadas. Depois, podem ser mais facilmente revendidas, se necessário. Por fim, quando utilizadas, ajudam a destacar melhor os produtos vendidos, sem tirar deles o protagonismo necessário. Mas justamente por isso, a pergunta que fica é: como tornar a decoração da loja mais atrativa?

Samira Lilas Decorações https://www.vivadecora.com.br/foto/37393/decoracao-com-almofadas

A resposta para esta pergunta é simples. Você tem que usar os próprios produtos para “jogar” cor, textura e brilho à esta decoração. Eles é que devem encantar o olhar dos observadores. 

Os mesmos podem ser organizados em degradê, por tamanho, estilo, material e mais. E esta organização pode até contar uma história e fazer as pessoas pensarem em comprar mais itens. Por exemplo, juntar bases e cúpulas de abajures, ou flores artificiais e modelos de vasos.

Samira Lilas Decorações https://www.vivadecora.com.br/foto/37394/prateleira-para-exposicao-de-produtos
Thiago Fuschini Bicas https://www.vivadecora.com.br/foto/181745/sala-de-reuniao

Montar ilhas de interesse visual

Claro, os produtos são colocados dentro de uma loja com um propósito principal que é serem vendidos. Só que, muitas vezes, as pessoas precisam de uma ajudinha para enxergarem o potencial dessas peças. 

Por isso é que algumas lojas de decoração, por exemplo, montam unidades de showroom, com simulações de ambientes. Mas um jeito também de aproveitar os itens à venda é na própria decoração do estabelecimento.

Sesso & Dalanezi Arquitetura+Design https://www.vivadecora.com.br/foto/5059/espacos-comerciais

Uma estratégia bastante eficiente é o merchandising. E o que é isso? É manipular os produtos dentro da loja visando melhorar a decoração, o marketing e a apresentação da loja, transmitindo uma mensagem. 

Por exemplo, quando em clima de verão, você constrói com cadeiras, guarda-sóis e mais uma cena de praia no meio do estabelecimento, alegrando e contagiando o público.

Observação: alguns tipos de produtos não precisam de muito para se tornarem pontos de interesse visual. É o caso dos lustres e pendentes em lojas de produtos elétricos.

Casa Cor SP 2021 https://www.vivadecora.com.br/foto/276156/lustre-natural-vasos-decorativos-e-parede-terrosa

Trabalhar com cores neutras e luzes para criar profundidade

Agora, como você destacaria ainda mais o que está vendendo? Imagine colocar louças brancas sobre prateleiras de estantes brancas, ou bonequinhos de cores vivas dentro de nichos pretos. 

De longe, seria muito difícil conseguir distinguir completamente os seus contornos. Mas existem duas soluções mais em conta que podem ajudar a mudar essa situação sem impactar a estrutura física da sua loja. São elas:

  1. Apostar nas luzes de LED para fazer o contorno por trás das peças, criando um fundo de luz que revelará melhor a beleza dos itens à venda;
  2. Encapar com adesivo tampos de mesa, fundo dos nichos ou borda frontal de prateleiras, criando um efeito de maior profundidade visual – use uma cor neutra, mas que ajude na comunicação da loja, como verde para um comércio que se preocupa com a questão da sustentabilidade e ecologia ou que faz a venda de produtos feitos de matéria-prima natural.
Eh. Arquitetura https://www.vivadecora.com.br/foto/222216/estantes-de-madeira-comum-e-piso-vinilico-claro

Usar e abusar das ilhas e armários funcionais modulados

No geral, não existe  muito segredo na arquitetura de lojas de decoração. Nesse tipo de projeto, o mais importante é prever a forma de apresentação dos produtos. Mas não podemos nos esquecer que muita coisa precisará ser escondida dos olhos dos consumidores. 

Por exemplo, material de escritório e itens em estoque. Além disso, nunca saberemos quando será preciso trocar de endereço físico. Daí a importância dos armários funcionais e modulados.

Quanto mais parafusos e pregos a marcenaria da loja tiver, mais difícil será desmontar tudo e, principalmente, reutilizar depois. Cuidado com isso. 

Gustavo Calazans https://www.vivadecora.com.br/foto/99864/estante-com-nichos

Dê preferência às soluções de encaixe; módulos que sejam apenas empilhados; e também mesinhas com rodízios, que facilitam a limpeza do local – mas com travas, para evitar que haja acidentes dentro da loja. 

E, por fim, tente aproveitar áreas vazias com armários e gavetas com diversas subdivisões internas, preferencialmente sem puxadores e com sistema de fechamento com chave, para não chamar atenção e evitar furtos.

Essas dicas de decoração foram criadas pela equipe Viva Decora.

Comentários