Há uma grande quantidade de pessoas que têm cartão de crédito, seja por necessidade ou pelas comodidades oferecidas. Por outro lado, aquelas que compreendem o uso dessa ferramenta de gastos e como funciona o limite do cartão de crédito são poucas.

Infelizmente, existe uma grande confusão sobre como funciona o cartão de crédito. Mas com esse artigo, vamos elucidar todas suas dúvidas, inclusive sobre o funcionamento do limite disponibilizado. Então, quer saber mais? Basta continuar lendo!

Saiba como funciona o limite do cartão de crédito 

O funcionamento do limite do cartão gera muitas dúvidas. Basicamente, o valor é estipulado pela operadora do cartão de crédito para que o cliente tenha possibilidade de gastar até o fechamento da fatura. Em resumo, seria o valor total de crédito que está disponível para você gastar no mês, sem precisar mexer com dinheiro em espécie e pagar no ato. 

Conforme você for comprando, o limite vai reduzindo até alcançar o valor estipulado. E para liberação do limite total para o próximo mês, você precisa quitar a conta do cartão de crédito até a data de vencimento pré-determinada.

Outro ponto a destacar é que se você não usar todo limite do cartão, a parte do valor não utilizado ainda ficará disponível mesmo sem a confirmação da fatura do mês anterior:  se você tem um limite de R$ 3 mil e só usou R$ 1 mil no mês de março, para abril ainda existirão R$ 2 mil de limite. 

Como funciona o limite em compras parceladas

Assim como citado acima, mesmo que você parcele sua compra, o valor total nunca poderá ser maior do que o limite do seu cartão. Mesmo que você parcele em muitas vezes.

Por exemplo, se você decide comprar uma smart TV que custa R$ 3 mil, mas o seu limite máximo é de R$ 2 mil, infelizmente você não poderá dar prosseguimento na compra.

Ainda assim, você deve estar se questionando sobre a vantagem do parcelamento. Se você for uma pessoa disciplinada com seus gastos e seu limite for maior do que o valor que você pensa em parcelar, você pode usar o saldo restante do crédito disponibilizado para outras despesas, ainda mais em caso de gastos urgentes.

Como o limite do cartão de crédito é calculado 

Ele é calculado pela administradora do cartão ou pelo banco contratado e deve-se considerar diversas variáveis, como, por exemplo, a sua renda pessoal:  há uma análise da capacidade de pagamento de um valor “x” ou existe um limite de comprometimento da renda mensal a ser usado com o cartão.

Há outros fatores que podem contribuir com seu limite: 

  • Seu perfil financeiro;
  • Histórico de pagamentos. 

Se suas contas estão sendo pagas sempre em dia, sem atraso nos seus compromissos, é muito provável que permitirão um limite maior com o passar do tempo. Mas se você costuma atrasar a quitação da fatura ou faz uso frequente do cheque especial, é considerado um risco alto de inadimplência, resultando em um limite inferior ao esperado. 

Como aumentar o limite do cartão de crédito

Existem algumas formas de conseguir o aumento do limite do cartão de crédito. Isso pode ocorrer de duas formas:

  • Aumento automático: isso acontece quando a instituição financeira analisa todas as suas transações financeiras e opta pelo aumento. Você precisa deixar autorizado previamente pelo acréscimo no valor;
  • Solicitação ao banco/operadora: nesse caso, você precisa entrar na sua conta corrente e pedir o aumento do limite do cartão de crédito pelo app ou falar diretamente com seu gerente; caso o cartão não seja vinculado a uma conta, você pode tentar junto à operadora do seu cartão.

De qualquer jeito, existem maneiras diferentes de você conseguir esse aumento de forma indireta, mas tenha em mente que é necessário um bom relacionamento com a instituição financeira.

As cinco dicas abaixo poderão te auxiliar nessa melhoria da relação:

  1. Procure atualizar sempre sua renda: a comprovação de renda é o principal fator para o aumento do limite de crédito;
  2. Jamais atrase o pagamento: pagar a fatura antes ou no dia de vencimento é essencial, senão, além dos juros, sua reputação com a instituição não será das melhores;
  3. Amplie seu score de crédito: essa é uma pontuação que se sinaliza se você é um bom pagador. Ele é relacionado ao seu histórico de pagamentos e ao seu relacionamento com o mercado financeiro;
  4. Gaste mais que a metade do seu crédito: você deve estar achando estranho, mas se seu cartão é pouco usado, a instituição financeira entenderá que o limite disponível é suficiente. Então, pelo menos, gaste mais do que a metade!
  5. Tenha todos seus limites apenas no cartão de crédito: cheque especial, empréstimo pré-aprovado, linhas de crédito podem ser transferidos para seu cartão de crédito. Converse com seu gerente ou com a empresa que administra o cartão para ter mais informações.

Cartões com limite para cada perfil 

O limite do cartão de crédito também pode estar relacionado ao seu salário e consumo. Por exemplo, pessoas com alta renda e que paguem muitas despesas, necessitam de um cartão com um limite bem alto.

Já pessoas que tenham um ganho mediano e que gostem muito de viajar, podem aproveitar cartões com milhas. Basta ser organizado e procurar pagar todos os seus gastos com o cartão. Muita gente viaja com desconto ou até mesmo sem comprar passagem de avião.

O que você deve ter em mente é o quanto você ganha e quais são as despesas. Sendo organizado, você consegue fazer um ótimo uso do cartão, até porque muitos têm programas de recompensas, além das conhecidas milhas, considerando cada real gasto.

Cartão de crédito um bom amigo

A utilização de forma saudável das transações efetuadas em seu cartão de crédito pode melhorar seu fluxo financeiro, organizando seus pagamentos e deixando um limite para uso de emergência. 

Organização é a palavra-chave para saber tirar o melhor do cartão de crédito. Você concorda com essa afirmação? Deixe nos comentários abaixo sua opinião!

Comentários