Powered by Rock Convert

Estar com o “nome sujo” é um inconveniente na hora de conseguir um financiamento, empréstimo ou pagar uma compra parcelada. Com essa restrição, as empresas têm receio de que você não terá condições financeiras para quitar uma nova dívida – já que seu CPF foi incluso na lista de maus pagadores do Serasa ou SPC – e não costumam conceder crédito. Há, porém, uma ótima opção para contornar este problema: o refinanciamento de veículos Mercantil do Brasil!

Refinanciar um veículo é dá-lo como garantia de um empréstimo. Solicitando crédito no Mercantil do Brasil, o banco concede até 70% do valor do automóvel ao cliente. Para tal, é preciso que o carro esteja quitado e com a documentação completa e correta.

Refinanciamento é uma opção para desafogar as contas e parar de sofrer com juros altos.

As operadoras de cartões de crédito ou até de outros empréstimos, por exemplo, costumam cobrar juros altos, e numa situação em que já era difícil pagar o valor original, torna-se quase impossível quitar o novo montante.

Obter os valores de refinanciamento junto ao Mercantil é uma ótima saída, então, para o pagamento de outra dívida. Os montantes permitem quitar as parcelas anteriores e, com juros menores, conseguem equilibrar a vida financeira do consumidor.

Dependendo do valor devido em outra instituição financeira, o refinanciamento pode ainda garantir um “respiro”. Isso porque, restando alguma quantia de crédito após o pagamento da dívida, é possível planejar um pagamento mais rápido, ou então arcar com um novo objetivo.

Refinanciamento de Veículos Mercantil do Brasil: Principais informações

  • Idade

Para obter crédito com refinanciamento, o consumidor deverá ser maior de 18 anos, e ter em seu nome o carro oferecido para a operação.

  • Condições do automóvel

Apenas carros em bom estado de conservação e com até dez anos de uso podem ser refinanciados no Mercantil.

  • Pagamento do crédito

Ao contratar o empréstimo, o cliente terá entre 3 a 24 meses para quitar todas as parcelas do crédito. Esse prazo estará estipulado no contrato de adesão ao plano, e poderá ser negociado para que atenda o consumidor da melhor forma .

  • Documentação necessária

Veículo e pessoa física deverão ter sua documentação completa apresentada para o refinanciamento. É preciso o RG, CPF, comprovante de renda e comprovante de residência, e todos os documentos do veículo, quitados.

  • Como solicitar um refinanciamento

De porte de toda a documentação, o cliente deve procurar uma agência do Mercantil do Brasil. No local, será feita a simulação do melhor plano de empréstimo, além da negociação das condições de pagamento.

Cuidado ao fazer um Refinanciamento

O refinanciamento de veículos consegue oferecer taxas de juros mais baixas por um motivo simples: o carro refinanciado é dado como garantia do empréstimo.

Tendo o veículo como garantia do refinanciamento, o Mercantil do Brasil pode alienar o bem caso as parcelas não sejam quitadas.

Com essa garantia, a instituição financeira tem em mãos a certeza do pagamento do crédito que concedeu. Uma vez que as parcelas não sejam quitadas, o Mercantil do Brasil pode alienar o automóvel e leiloá-lo, recebendo o dinheiro que lhe é devido.

É importante, então, refletir com afinco antes de optar por um refinanciamento. Antes de fechar um contrato, considere sua renda mensal e suas despesas.

Calcule também as possibilidades com o crédito do banco e planeje o pagamento das parcelas. Colocando tudo na ponta do lápis, será mais fácil manter os valores em dia e continuar chamando seu carro de “seu”.

Quer saber algo mais sobre o tema? Entre em contato pelos comentários!

Powered by Rock Convert

Escrever comentário

Shares