Nos dias de hoje, muita gente já sabe que grandes oportunidades surgem através de networking, ou seja, de uma rede de contatos. 

Por esse motivo, é muito importante trabalhar o networking em eventos, pois são nesses lugares que você pode encontrar pessoas que estão dispostas a conhecer gente nova e desenvolver parcerias de negócios. Já pensou em conseguir uma parceria de sucesso para o futuro?

Nesse contexto, com o intuito de te ajudar nesse processo de fazer networking em eventos de uma forma que te dê resultados, ou seja, que realmente te coloque como uma lista de contatos de pessoas de seu interesse, no artigo abaixo, trouxemos algumas dicas do que você pode fazer para isso. 

Confira abaixo!

Esteja preparado antes de ir para o evento

Se você se inscreveu para ir para um evento da sua área de atuação, provavelmente sabe o que te espera por lá. 

Você deve conhecer quem são os palestrantes, quais são as exposições que estão sendo feitas, quem são as pessoas que se interessam por esse evento, quais contatos você deseja fazer nesse local, onde você deve ir, quando você deve ir e coisas do tipo.

Por exemplo, se você for a um evento sobre passagens aéreas, o importante é saber exatamente como se conectar às pessoas presentes e como esses contatos irão fortalecer seu negócio. 

Seja interessante

Fazer um network deve ser uma via de mão dupla. Basicamente, isso significa que você deve conhecer uma pessoa que te interessa e, em contrapartida, deve ser interessante para essa pessoa. 

Nesse contexto, é muito importante que você saiba conversar sobre assuntos gerais (sobre o que as pessoas do seu nicho gostam de conversar casualmente?), deve saber jogar conversa fora, entre outras coisas.

No entanto, o mais importante é que você saiba se apresentar para as pessoas. Por esse motivo, crie um discurso, descubra quais são os pontos fortes do seu negócio, aprenda a vender o seu contato como sendo algo positivo, converse a respeito do tema principal que está sendo desenvolvido no evento e tente encaixar o tema no interesse do seu negócio. 

Assim, você vai conseguir contatos interessantes.

Estude a agenda

Normalmente, um evento de negócios consiste em uma palestra ou então em exposição sobre as principais tecnologias. 

Nesse contexto, naturalmente, não é possível passar o dia fazendo network, pois existem temas que você deseja assistir. Nesse contexto, concentre-se em entender como o evento funciona, quais são os momentos de coffee breaks, de happy hours e coisas do tipo.

Além disso, dê preferência por estar em ambientes que você sabe que estão lotados com pessoas do seu interesse. 

Por exemplo, a palestra daquela atração principal, o estande daquela empresa ou pessoa que normalmente chama mais atenção das pessoas certas e coisas do tipo. Assim, você vai estar no local certo na hora certa.

Evite ficar muito tempo no celular

Se tem uma atitude que pode diminuir drasticamente as chances de um bom network é quando a pessoa passa muito tempo no celular. 

Isso porque essa atitude é interpretada mundialmente como sendo demonstração de desinteresse, como se você não estivesse gostando de estar lá ou como se não quisesse se enturmar. 

Por isso, não fique muito tempo usando o aparelho, no máximo, use-o para fotografar, gravar vídeos ou então anotar o contato de alguém.

Cuidado ao se apresentar para as pessoas

Para ser introduzido para alguém, é muito importante que você tenha habilidades. 

Por exemplo, nada de falar com alguém que claramente não te deu abertura, por mais que você acredite que aquela pessoa é a certa para fazer uma amizade. Nesse contexto, é muito importante que você saiba sentir e interpretar o momento e as atitudes alheias.

Por exemplo:

  • Não interrompa a conversa de outras pessoas;
  • Quando for se apresentar, diga o seu nome e fale também o nome da empresa. Lembre-se de perguntar de volta o nome da outra pessoa, de sorrir e de oferecer um aperto de mão;
  • Tente iniciar a conversa através de coisas banais, por exemplo, falando sobre a comida do evento (nada negativo, isso pode causar uma má impressão);
  • Se conhecer alguém em comum, peça para ser apresentado;

Saiba sobre o que conversar

Passadas as apresentações, é preciso saber manter uma conversa com a pessoa que você tem interesse em fazer network. 

Nesse contexto, sinta o clima do diálogo e perceba se deve ou não aprofundar o assunto, se deve mudar o tema do papo ou o que você precisa fazer. Lembre-se de que é preciso tomar cuidado para não tocar em temas sensíveis ou então em fazer piadas indelicadas.

Não fique parado

Durante um evento que pode significar diversas oportunidades para você e para a sua empresa, a última coisa que você pode fazer é ficar parado sem fazer nada. 

Nesse contexto, esteja pronto para andar e ser sociável com as pessoas.

Ao fim, lembre-se de quem você conheceu

Não adianta conhecer muita gente nesses eventos se você não consegue associar o nome com a pessoa. Isso porque, dessa forma, você não será capaz de usar os seus contatos para obter vantagens profissionais. 

Nesse contexto, é muito importante que você faça anotações sobre as pessoas que você conheceu, por exemplo, alguma coisa que marcou a conversa e que vá te ajudar a associar o nome a pessoa.

Se preferir, ao invés de trocar número de telefone ou e-mail, pode ser uma boa ideia trocar LinkedIn ou então trocar redes sociais do tipo Instagram da empresa, ou blog profissional, pois esse tipo de contato pode ficar mais fácil na hora de identificar quem são as pessoas com quem você fez network. 

Assim, você não vai perder oportunidades por não lembrar como utilizá-las ao seu favor. 

Pós-evento

É muito importante que você seja capaz, ao fim do evento, de listar os seus contatos. Por exemplo, o contato que você conseguiu é de um cliente? De um possível cliente? De um fornecedor que te prometeu um preço ou uma qualidade melhor? De um possível parceiro? Separe eles em uma lista para ficar mais fácil identificá-los. 

Depois disso, entre em contato com alguns deles (lembre-se de que mensagens desnecessárias podem arruinar a parceria, portanto, busque ser amigável, mas sem forçar).

Comentários