A definição de “casa dos sonhos” pode variar de pessoa para pessoa. Para alguns, isso se resume na aquisição de um imóvel novo e para outros, significa uma boa reforma na casa própria.

Independente da sua definição ideal, conquistar a casa dos sonhos pode ser uma meta distante da realidade de muitas pessoas e, às vezes, até inalcançável. Mas existem táticas que podem ser adotadas durante essa jornada que facilitam a realização desse sonho. 

Tendo isso em mente, preparamos esse post para te ajudar nessa conquista. Continue lendo para ver todas as dicas essenciais durante a jornada para conseguir a tão almejada casa dos sonhos.

Saiba quais são seus objetivos

O primeiro passo é delimitar os seus objetivos, para determinar os recursos serão necessários para atingi-los. Separamos algumas perguntas que te ajudarão a considerar qual o é melhor ponto de partida para a conquista da casa dos sonhos:

  • Qual é o meu objetivo?
  • Já sei qual é o tipo imóvel ideal?
  • Em quanto tempo quero conquistar a casa dos sonhos?
  • Qual o meu orçamento?
  • Vou precisar de algum empréstimo ou financiamento?

Tenha um bom planejamento financeiro

Comprar ou reformar a casa dos sonhos pode não ser nada barato, então ter um bom planejamento financeiro é um requisito essencial nesta jornada. Por isso, é preciso analisar seus recursos financeiros, se organizar e estipular um orçamento que caiba na sua realidade. 

A dica do caderninho é sempre valida: comece a anotar os ganhos e custos mensais, reflita sobre quais gastos são essenciais e quais podem ser cortados, ou diminuídos, da sua rotina. A ideia é fazer um levantamento mensal do valor que será possível separar para conquistar a casa dos sonhos.

Resgatar o FGTS pode ser uma boa 

Se a sua casa dos sonhos é um imóvel novo, utilizar o valor do FGTS para aquisição e financiamento do imóvel é uma ótima possibilidade, se você faz parte do grupo de trabalhadores com direito ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e se enquadra nos requisitos determinados pela Caixa Econômica Federal, além de também ser possível amortizar as parcelas do financiamento.

Você se lembra da hipoteca?

A hipoteca é um tipo de empréstimo muito comum nos Estados Unidos, que, basicamente, funciona assim: um imóvel é usado como garantia para conseguir um empréstimo bancário. 

No Brasil, a hipoteca se tornou um processo muito burocrático e caro, fazendo com que muitos bancos deixassem de fornecer esse modelo de linha de crédito.

Apesar de pouco utilizada, a hipoteca ainda pode ser uma opção para conseguir a casa dos sonhos, ideal para pessoas que possuem um imóvel e optam por linhas de crédito mais tradicionais.

Home equity é uma ótima opção para conseguir crédito

Durante a conquista da casa dos sonhos, alguns métodos para conseguir crédito podem ser mais vantajosos do que outros e o home equity, com certeza, é um deles. 

O home equity é uma operação de crédito que utiliza de um imóvel como garantia para o empréstimo, seja ele residencial ou comercial. A regulamentação é feita através de um acordo contratual, em que a titularidade do imóvel é transferida para o credor, somente até que o valor da dívida seja integralmente quitado.

Vantagens do home equity

Apesar de pouco conhecido no Brasil, o home equity é um modelo de empréstimo que está se popularizando em outros países, principalmente nos EUA, justamente por ser altamente seguro e oferecer vantagens únicas.

Taxa de juros mais baixas

Se você está em busca de crédito para conquistar a casa dos sonhos, é preciso ter em mente que a taxa de juros do home equity é mais baixa do que outros modelos de empréstimo.  

Para melhor visualização, existem linhas de crédito a partir de 0,60% ao mês mais IPCA ou prefixadas de 0,78% ao mês, por exemplo. Enquanto o empréstimo pessoal, o tipo de crédito mais popular no Brasil, possui taxas que giram em torno de 7% ao mês.

Você pode usar o valor do jeito que quiser

Após a liberação do seu crédito, com o home equity você tem total liberdade para escolher a forma que irá utilizar o dinheiro, seja em tratamentos de saúde, estudos, viagens, pagamento de dívidas, um carro novo e, claro, na conquista da casa dos sonhos.

Home equity e hipoteca não são a mesma coisa 

Pode haver uma confusão quando falamos de home equity e hipoteca, mas quando o assunto é casa dos sonhos é preciso entender essa diferença.

Apesar de os dois modelos de empréstimo precisarem da garantia de um imóvel próprio, home equity e hipoteca são coisas diferentes. 

Na hipoteca o imóvel utilizado como garantia continua na posse do titular da propriedade, o que apresenta um alto risco para o banco ou instituição financeira, por isso as taxas juros são mais altas.

Enquanto isso, no home equity o imóvel é transferido, até a quitação da dívida, para o credor, através de uma alienação fiduciária, esse formato de crédito apresenta menos riscos para a instituição financeira, por isso é possível encontrar juros mais baixos.

Como a taxa Selic influencia na conquista da casa dos sonhos?

Antes de qualquer coisa, é preciso entender o que é taxa Selic. Resumidamente, a Selic é a taxa básica de juros da economia, ela influencia todas as taxas de juros do país, como, por exemplo: taxas de juros dos empréstimos, dos financiamentos e das aplicações financeiras. 

Agora vamos para o que importa de fato, o que a taxa Selic tem a ver com conquista da casa dos sonhos?

Como dito anteriormente, a Selic influencia todas as taxas de juros do país. Então se a Selic está em alta, a tendência é que as outras taxas também fiquem mais altas, deixando que o crédito fique mais caro. O contrário também é verdadeiro, se a Selic está em baixa, as outras taxas também diminuem, tornando o crédito mais barato. 

Uma dica para evitar taxas abusivas é: sempre antes de fechar qualquer empréstimo, observe a tendência e o movimento de redução e elevação da Selic. 

Este post te ajudou na conquista da casa dos sonhos? Comenta aqui: em qual passo você está dessa jornada?

Comentários