Negociar a compra do carro novo é algo fundamental. Afinal, é possível economizar bons percentuais quando você está disposto a pesquisar e a barganhar.

Além do seu bolso agradecer, você poderá aplicar o dinheiro em outros objetivos, como uma viagem, por exemplo. Para te ajudar nisso, listamos 6 dicas que podem te ajudar na negociação. Acompanhe no texto!

1. Decida o modelo do seu carro

Antes de ir à concessionária, é necessário saber o modelo do carro desejado. Afinal, apenas dessa forma você poderá pesquisá-lo e saber quanto o veículo realmente vale.

Por isso, use e abuse dos recursos que a internet te oferece. Veja diversos modelos e marcas e busque a opinião de vários clientes sobre o carro. Ao se decidir por um, busque conhecer seu valor de mercado. Para carros novos, você pode consultar os valores na tabela FIPE. Com todas essas informações, você saberá argumentar melhor com o vendedor.

2. Pesquise em diversas concessionárias

Comprar o veículo na primeira concessionária visitada é um erro comum. Afinal, se o preço e as condições estão interessantes, o melhor é fechar o negócio de uma vez, certo? Errado! Quando você não visita outra loja, pode perder benefícios que nem imagina. Assim, mesmo que a oferta seja tentadora, diga ao vendedor que você vai continuar pesquisando e voltará caso a oferta seja a mais interessante que encontrar.

3. Não “caia” nas técnicas de venda

Todo e qualquer vendedor é treinado para utilizar de técnicas para convencer o consumidor a comprar o quanto antes. Eles costumam utilizar, por exemplo, frases como “este é o último veículo do estoque”, ou então “só posso te dar esse desconto agora”.

Lembre-se, porém, que seu desconto ainda estará disponível mais tarde. Pesquise em outras concessionárias e, se for o caso, volte na anterior solicitando as mesmas condições. Um vendedor quer sempre vender, e em 90% dos casos vai garantir todos os benefícios oferecidos antes.

Deixe sempre que o vendedor faça sua oferta primeiro. Assim, você terá poder de barganha, mesmo que seja por “moedas”, pequenos valores.

4. Compre em dias de pouco movimento

Ir à concessionária num dia de pouco movimento é uma ótima pedida. Os vendedores ganham comissão sobre cada venda realizada. Quando há poucos clientes disponíveis, eles são muito mais suscetíveis a oferecer ótimas condições para fechar negócio.

5. Não informe quanto está disposto a pagar

É muito comum que o vendedor questione quanto você tem para gastar. Quando o consumidor informa o valor correto, no entanto, é bastante provável que as condições e preços oferecidos não sejam tão atrativas. Afinal, se você tem o que gastar, por que a concessionária te ofereceria benefícios tão bons? O objetivo da empresa é o lucro e, neste caso, obter tudo o que você possui para gastar.

Sem uma base para negociar, por outro lado, o vendedor pode sugerir preços bem mais baixos do que você tinha previsto.

6. Para negociar a compra do carro, seja amigável

Para uma boa negociação é fundamental, acima de tudo, ser amigável. Quando provoca simpatia, é mais provável que o consumidor ganhe a consideração do vendedor, e que este esteja disposto a oferecer condições bem melhores do que o esperado.

Seguindo essas recomendações, negociar a compra do carro novo será bem mais vantajoso!

Comentários