Powered by Rock Convert

Pensando em usar a modalidade de consórcio para realizar o sonho da casa própria? Então confira nossas dicas para descobrir qual o melhor consórcio. Neste texto, vamos falar também sobre as vantagens do consórcio, vantagens essas que justificam o crescimento da modalidade nos últimos anos, bem como do funcionamento do consórcio e dar algumas dicas para que você saiba como fazer um consórcio imobiliário com segurança.

Confira nossas dicas para descobrir qual o melhor consórcio imobiliário.

Porque devo optar por um consórcio?

Nos últimos anos, os juros do crédito bancário aumentaram consideravelmente e isso faz com que, cada vez mais, os que querem realizar grandes investimentos, como a compra de um imóvel, procure por outras alternativas, como o consórcio. Esse contexto, gera uma alta demanda pela modalidade, já que ela não cobra juros em suas parcelas.

Outra vantagem do consórcio, além da inexistência de juros, é o fato de que ele permite a realização de um investimento sem riscos. Vamos entender melhor vendo como funciona um consórcio.

Como funciona um consórcio?

Considerando o fato de que é uma modalidade de autofinanciamento, no consórcio as pessoas envolvidas formam grupos e criam uma espécie de poupança coletiva. Os participantes contribuem mensalmente para o fundo através do pagamento das parcelas do consórcio até que alcancem uma meta. Existem diferentes tipos de consórcio, alguns são voltados para a compra de imóveis, veículos ou aquisição de outros bens e serviços.

Mensalmente, durante o consórcio, um ou mais participantes de um grupo podem ser contemplados, ou seja, podem receber suas cartas de crédito de forma antecipada, isso pode ser feito por sorteio ou por lances. No final, todos são contemplados e as parcelas pagas revertidas na carta de crédito que cada participante recebe para adquirir seu bem.

Já deu para entender as vantagens, certo? Você está colocando seu dinheiro para trabalhar através de um fundo monetário coletivo. E embora o consórcio parece incrivelmente vantajoso em comparação as modalidades que cobram juros deve-se ter alguns cuidados na hora de escolher o consórcio, a seguir, vamos falar sobre como fazer para escolher o seu consórcio imobiliário com segurança e comodidade.

5 dicas sobre como escolher o melhor consórcio imobiliário

Em todo investimento é preciso um pouco de cautela, é preciso saber bem onde estamos nos metendo para evitar que tenhamos problemas, no consórcio imobiliário isso não é diferente, confira alguns itens que devem ser observados para garantir a segurança necessária e evitar dores de cabeça durante a vigência do contrato.

1 – Pesquise sobre a administradora

Nossa primeira dica diz respeito à escolha da administradora, se está considerando uma determinada empresa de consórcio, você deve conferir se a mesma tem suas operações autorizadas pelo Banco Central, que é o órgão responsável por regular e fiscalizar os planos de consórcio. e é possível encontrar uma lista das empresas autorizadas em seu site.

Outra dica importante é checar a reputação da administradora, você pode fazer isso conversando com outras pessoas que já adquiriram imóveis através do mesmo consórcio, conferindo online e com os órgãos de proteção ao consumidor se a administradora é bem avaliada, quais as queixas mais comuns apresentadas por clientes, etc. É ainda recomendável que você teste a agilidade dos canais de comunicação da empresa entrando em contato para esclarecer dúvidas.

Também indicamos que não simplesmente decidida pela primeira administradora de consórcios que encontrar, faça uma ampla pesquisa, compare o que está sendo oferecido, as condições.

2- Leia o contrato com muita atenção

Depois de escolher uma administradora é fundamental analisar o contrato por ela oferecido. Esse documento precisa ser bastante específico e deixar claro todos os termos e condições, fique atento para garantir que tudo que lhe foi prometido e negociado esteja presente no documento, caso contrário você não terá respaldo legal. Promessas verbais não são garantidas.Todo o processo é regulado pelo contrato.

Sendo assim, verifique tudo, tudo mesmo. Confira as taxas taxas e cobranças que serão realizadas, cheque como está determinado o índice de reajuste, bem como os valores da parcela e da carta de crédito. Existem ainda outras questões como os prazos para o pagamento, o fundo de reserva, as regras referentes à realização de assembleias de contemplação, assim como todos os direitos e deveres de quem contrata o consórcio.

3 – Cheque todos os valores

Essa terceira dica é relacionada tanto à cobranças adicionais quanto ao valor das parcelas que devem ser pagas pelo participante do consórcio. Você deve estar ciente de que algumas empresas de consórcio prevem a existência de cobrança extras juntamente com as parcelas, essas cobranças são normalmente formas de benefícios como, por exemplo, seguro de vida, fundo de reserva para casos de inadimplência, etc. Todo os valores são retornados aos participantes no fim do contrato, caso não sejam usados.

Caso você tenha dúvidas quanto à legalidade de qualquer cobrança feita pela administradora do seu consórcio, consulte se a mesma é autorizada pelo Banco Central do Brasil.

Além de conferir essas possíveis cobranças, fique de olho também no valor das parcelas, veja se elas cabem no seu orçamento, assim como as taxas extras.

4 – Entenda como funcionam as formas de contemplação

A contemplação é o recebimento da carta de crédito. Num consórcio, ela pode acontecer de diversas formas e em diversos momentos, pode ser logo no começo do contrato ou apenas no final, isso depende das condições que o seu plano oferece. Você pode ser sorteado num dos sorteios mensais ou pode ainda fazer lances

5 – Entenda como funcionam os lances

Já o lance é o adiantamento das parcelas, esse recurso pode acelerar o acesso à carta de crédito. Os lances acontecem na assembleia, na qual ocorre uma espécie de leilão e a melhor oferta recebe a carta de crédito.

Ainda sobre isso, interessa pontuar que mesmo que você opte por pagar as parcelas de forma antecipada isso não vai garantir que você seja contemplado mais rapidamente, pois, mesmo que a sua dívida esteja paga o grupo continuará funcionando e somente nas assembleias de contemplação, através de sorteios ou lances, é que as pessoas serão contempladas.

Você deve então escolher o consórcio que ofereça as melhores condições com relação aos lances, contemplação, taxas e pagamentos, bem como que tenha uma boa reputação.

Powered by Rock Convert

Comentários

Shares